Tem algum adulto na sala? Dias piores virão se você não impedir

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Por Marcelo Paganini*

Espero que tenha ainda adultos sensatos para me ler nessa altura do campeonato. Estou escrevendo na madrugada de quarta-feira, dia 24 de outubro de 2018, quatro dias antes do segundo turno das eleições.

Nasci em Belo Horizonte em 1964, me mudei para França em 1984. Tentei morar de volta no Brasil em 1986. Mas decidi sair definitivamente do país em 1989, antes da armadilha Collor se concretizar. Minhas viagens mais recentes ao Brasil foram em 2003 para participar de um festival de cinema, dezembro 2014 e agosto 2018 para lançar meus cds.

Ao mesmo tempo tenho um olhar exterior muito útil pra avaliar as mudanças entre cada visita, difíceis de perceber para quem ficou no país e passou gradualmente por elas. E ao mesmo tempo me faltam muitas informações que só quem vive no país pode entender. Por isso compartilho meu ponto de vista com quem mora no Brasil, esperando contribuir com uma peça no quebra-cabeça do debate atual.

Nesta hora grave da história eu quero deixar registradas as minhas impressões: estive em BH, Porto Seguro, São Paulo e Rio de Janeiro. Vi um país ocupado pela Policia Militar. No Rio de Janeiro o Exército está nas ruas há meses, com resultados desastrosos pra segurança pública, mas era esse o objetivo?

A repressão policial contra pobres vai aumentar em nome da ordem, da moral, da família, da propriedade e do Estado (Fotos: João Carvalho/O Buteco da Net)

Eu vi blitz da PM praticamente todos os dias nas principais avenidas, as pessoas se acostumam a ser interrogadas, revistadas. Vi presença policial ostensiva na entrada dos bairros principais. É para garantir a tranquilidade da população? Ou para evitar qualquer revolta popular para pedir a liberação de Lula, anulação de eleições fraudulentas, ou qualquer outro movimento popular contrário aos interesses do golpe?

Ao mesmo tempo notícias na tv mostram quadrilhas de bandidos impunemente assaltando bancos com explosivos e apavorando a população nas pequenas cidades do interior, entre outros horrores. Para fazer vacilar a confiança da população nas instituições?

A Folha de São Paulo fez excelente jornalismo de investigação, a repórter é ameaçada. Todo mundo é ameaçado. Virou rotina, ninguém faz nada. Quem cala consente. Quem só fala, não faz, não muda nada. Eu hein Rosa? Nada funciona direito no Brasil desde que tiraram a Dilma sem razão e prenderam o Lula sem prova.

Quero saber porque a imprensa não investiga sobre segredos medicais do Coiso Fujão de debate? Com operação prevista o capitão sai de cena em caso de vitória pra entrar o general que também foge do debate.

Assinar um cheque em branco para militares sem experiência que dizem claramente que vão instaurar uma ditadura com slogan nazista e que faz apologia da tortura? Pessoas do bem, bem-educadas, bem informadas, difundindo mentiras com entusiasmo, eufóricas, esperando enfim uma vitória nem que seja com golpe?

Afinal, já perderam quatro vezes seguidas. Dessa vez com o abuso de poder econômico, de 156 empresários segundo a imprensa, quase ganharam no primeiro turno. 50 milhões de eleitores…

Com pouco tempo de campanha, Fernando Haddad se mostrou muito bem preparado. Enquanto o Coiso Fujão é um clone instável do Duterte que descaradamente faz entrevistas e atos públicos mas alega razões de saúde para não debater. Cinismo é parte da estratégia de intimidação. Falta coragem para a confrontação direta das ideias.

A falta de debate impediu Haddad de demonstrar a falta de preparo, de programa, de capacidade intelectual, de equilíbrio emocional do seu adversário nos diversos debates previstos na tv antes do voto. Band e Record descaradamente parciais e o TSE não reage. A Globo nega a entrevista ao Haddad na sexta-feira.

Na entrevista coletiva do TSE no domingo passado coube ao general claramente decretar que “fake news existe desde Adao e Eva”. Como se não fosse crime eleitoral que o TSE tem a função de reprimir.

O papel do Tribunal não é dar entrevista comentando os eventos como se fossem meros espectadores e sim de agir pra fazer respeitar a Constituição. O golpe militar já está estabelecido dentro das instituições, cientes mas inativas diante da fraude massiva desde o primeiro turno, via abuso de poder econômico. Confessado, escancarado, desafiando ao mesmo tempo a Justiça e os adversários.

Terra em transe: “só Jesus salva”

Se as leis fossem respeitadas, tinha que anular todas as eleições para todos os cargos em todo o país desde o primeiro turno. Invalidar as candidaturas que cometeram crime eleitoral. Julgar e punir os responsáveis. Organizar novas eleições respeitando as leis.

Ao invés disso, comentários para a imprensa.”Pode parecer inconveniente” Aproveitando a falta de reação, e com certeza da impunidade, o Coiso Fujão (o Minto, do verbo mentir), seu vice, seus filhos, seus seguidores civis e militares se sentem encorajados para continuar desrespeitando abertamente as leis. Em todo país, agressões, assassinatos e intimidações se multiplicam.

Facebook/WhatsApp são cotados em Wall Street e não podiam ficar inertes pois as eleições americanas estão chegando. A fraude eleitoral no Brasil teve repercussão na imprensa mundial. O preço das ações Facebook podem cair e a empresa perder bilhões em algumas horas. Fizeram a própria investigação interna, fecharam mais de 100 mil contas. A materialidade da fraude do Coiso Fujão ficou provada de maneira independente. Pretender outra coisa é uma farsa mal escrita e mal executada pelo golpe.

Mas o TSE pode anular as eleições se a fraude for confirmada? Pode, se ELES a confirmarem. Mas temo que isso possa servir somente se o Haddad ganhar. A ordem da Matriz é tirar o PT de todo jeito não importa como. Não existe um golpe mas vários golpes ao mesmo tempo, porque se um falhar o outro chega na sequência.

Os Estados Unidos dificilmente vão deixar a Democracia vencer depois de armar essa arapuca durante 50 anos, pra tentar erradicar a Teoria da Libertação na América Latina de uma vez por todas. Morrem de medo de uma América Latina unida, educada e próspera que seja independente.

Por isso é imperativo que entreguem as riquezas e não se atrevam a investir em saúde e educação. No Brasil esses investimentos foram proibidos durante anos. Aqui na França ninguém acredita quando eu conto.

Mas um Império Americano que quer ser líder por mais 100 anos, no mínimo, tem que investir nos seus próprios méritos, ao invés de destruir constantemente os outros países pra manter artificialmente uma liderança.

Se o esforço da China de asfixiar o dólar-petróleo comprando e vendendo diretamente em youans garantidos pelas reservas em ouro derem certo, Tio Sam vai desmoronar ladeira abaixo rapidamente. A Rússia se aproximou da China, que até participou do maior exercício militar recente com mais de 300 mil soldados preparando para uma guerra total implicando o país inteiro.

Se o povo americano lutasse até conseguir melhorias, elegendo o Bernie Sanders por exemplo… E conseguir salários decentes, seguridade social, férias pagas, educação pública de qualidade e gratuita e outras conquistas democráticas, eles poderiam achar normal que outros povos queiram lutar pelos mesmos direitos.

A morte é dor que deveras sente em família

Mas manipulados pelas mídias eletrônicas, pão (junk food) e circo, talvez nem consigam derrubar a maioria republicana no Congresso e no Senado em Novembro… Por que destroem a Democracia no mundo todo? Porquê as pessoas preferem respirar ar puro, beber água sem poluição e comida sem veneno, e ninguém vai aceitar livremente o que vem por ai se nada for feito pra impedir essa catástrofe anunciada do aquecimento global.

As elites pensam que vão sobreviver, mas tomando medidas drásticas e antidemocráticas. Querem queimar petróleo durante mais 100 anos no mínimo. Querem que o Polo Norte derreta o suficiente para passar com os tankers cheios de petróleo pela costa do Canadá e economizar milhões em cada viagem em relação ao custo de passar atualmente pelo Canal de Panamá.

O Coiso Fujão quer recuar o Brasil em mais de 50 anos. Não tem experiência, não tem programa, se recusa a debater. Deveria estar preso, nunca deveria ser candidato a nada. Como ele conseguiu seduzir milhões de eleitores. Como? Servindo de marionete paro Steve Bannon, por trás do Brexit, da eleição de Trump e de vários políticos de extrema direita no mundo todo.

Como? Usando o chamado Big Data para conhecer os eleitores melhor do que eles mesmos. A piratagem do Facebook para conseguir milhões de números de telefone pra serem usados pra mandar mentiras (fake news) no WhatsApp.

Mas nada disso funcionaria se ninguém aderisse a esse festival de horrores. A única coisa que Lula roubou comprovadamente na minha opinião foi o véu que escondia o fascismo de tanta gente no Brasil. Famílias divididas, amizades destroçadas, ambiente de trabalho impossível…

Mesmo se conseguirmos eleger Haddad apesar de todas as dificuldades, o mal está feito. O país está dividido, o risco é enorme de se ter uma onda de violência ainda maior desde Domingo de noite. Eles já avisaram que só aceitam a vitória.

Mas a esperança vem das mulheres, dos abstencionistas e dos indecisos. De todos aqueles que não votaram nele no primeiro turno e os que não querem guerra com a Venezuela.

Essa estratégia do Bode Expiatório usada contra o PT é irresistível pra certas pessoas porque isso existe desde a pré-história: O Deus vulcão está zangado? Vamos sacrificar uma virgem para acalma-lo. Depois do sacrifício, todos se sentem melhor. Vão dormir mais tranquilos. Até acordar no meio da noite com a inevitável erupção fatal… Contra certos perigos a única salvação é a distância. Distância que vai separar os votos no Haddad da noite sem fim que nos espreita perto demais…

*Marcelo Paganini é músico e jornalista. Reside na França.

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

3 Comentários

  1. Carlos Carmelo Tôrres Moreira on

    Porque os petistas, que moram na França ou no Brasil, nunca falam da maior roubareira da história do Brasil durante os quase 14 anos do governo do PT?
    Fala sério….
    PT nunca mais…..!!!!

  2. Marcelo, você é cego, ou parte da quadrilha do PT. Deus no controle e vai ser Bolsonaro. Se PT tivesse ” experiência” como você disse, o Brasil não estaria lutando para mudar. Moro nos EUA e minha unica esperança de voltar a morar no Brasil é com Bolsonaro no poder. Você e todos os petistas devem continuar fora do Pais, e os que não estão, devem ir…Deixem o Brasil em paz. Chega de mentiras, bandidagem, corrupção, de encher bolso de político tirando dos pobres . Chega de lavagem cerebral dos humildes comprados com bolsa família etc…etc..etc. Quem votar em alguém que vai em macumba, chama Jesus de travesti,joga bÍblia no lixo e diz que vai vencer as eleições mesmo que Deus não queira, merece viver no inferno que o Brasil está e quando morrer ir para um inferno pior. DEUS no controle

  3. Cristina Silveira, A Velha Vermelha on

    Marcelo P. seu artigo é excelente. Você compreendeu exatamente o que está acontecendo. O número de watzap está nas mãos dos brasileiros e também segundo pesquisas, somos o povo mais ignorante (não percebe a realidade) do mundo. Bacana que a sua lucidez e a sua ausência estão claríssima. Obrigada, beijoca.

Deixe um comentário