Pitacos da rodada esportiva

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Luiz Linhares*

Começa a corrida por novas contratações e renovações de contratos

Acompanhar neste período o noticiário esportivo de rádio e tv é sem dúvida o maior barato. Se fosse na Agricultura diríamos que é a “entressafra” no esporte, especificamente no futebol. É época de corrida às compras, reformulação, e na maioria das vezes, da especulação.

Robinho pode estar de saída do Atlético de volta para o Santos. No destaque, Leonardo Silva (Fotos: Divulgação)

É um compra e vende constante de jogadores, algumas negociações até assustam e outras criam o lado engraçado em suas nascentes. É o que ouço falar dos grandes times mineiros. O Atlético, por exemplo, renova e comemora mais um ano tendo o capitão Leonardo Silva, que já vai lá para os seus trinta e tantos anos. Entendo que se trata de jogador de valor, mas é lento. Foi o que ele deixou como última lembrança na roda com garotos do Grêmio na última rodada do brasileiro deste ano.

Por outro lado, leio que o clube acabou de negociar o garoto promissor Gabriel com o futebol espanhol e que tem negociado Pablo, que esteve emprestado ao Corinthians e pertence ao futebol francês.

Ouvi dizer também que o Atlético tinha manifestado interesse por Tiago Heleno, aquele que um dia saiu xingado, execrado pela torcida do Cruzeiro. Certo é que para o bem do atleticano ele não quis conversa e continua no futebol paranaense.

Robinho já oficializando a sua saída e provável retorno ao Santos. Alexandre Gallo já está atuando como diretor de futebol e traçando planos e metas, Osvaldo de Oliveira permanece mais um ano como técnico.

Outras pérolas de possíveis contratações vão surgindo, umas cômicas, outras nem tanto. Outras tantas contratações devem se definir ou clarear a partir desta noite de segunda-feira.

Para o futebol mineiro, um 2018 forte seria muito bom. Que seja bem-vindo.

Oposição é contra Arena do Galo. Deve ser eleito o candidato da situação

Hoje é segunda-feira e está acontecendo a eleição do novo presidente do Atlético. Se nada acontecer de diferente, a presidência fica com o advogado Sérgio Sette Câmara, que é da situação, apoiado pelo atual presidente, por Kalil, Ricardo Guimarães e outros nomes de peso no atual momento do Galo. Ele disputa com o também advogado e empresário Fabiano Ferreira, conselheiro benemérito do clube, diretor presidente da Multimarcas Consórcios, que é contrário à construção da Arena do Galo.

Quem vencer leva junto uma indefinição que deve persistir até o meio desta semana em relação à disputa, no próximo ano, da Libertadores.

O entra e sai também é notícia no Cruzeiro

Já o Cruzeiro vai vivendo os momentos que antecedem a posse de Wagner Pires como novo presidente, Itair Machado como o homem forte do futebol e de Zezé Perella como presidente do Conselho Deliberativo.

Egídio pode estar de volta ao Cruzeiro

No que se refere ao futebol uma saída confirmada de Diego Barbosa para o Palmeiras, que cede o já veterano e contestado Egídio para a posição. O certo é que o Cruzeiro sai perdendo um jovem promissor por um bem rodado jogador. Verdade que duas vezes campeão brasileiro pelo próprio time azul, mas nada simpático ao torcedor que o vaiou de forma firme.

Bruno Silva pode chegar. Mano Menezes sugere contratações pontuais, enquanto a presidência fala em administrar o Mineirão, com novos capítulos a parte e contando uma nova história. Promessa de um ano cheio de emoções.

Grêmio rumo ao bicampeão mundial 

O Grêmio inicia nesta semana a sua trajetória para se tornar bicampeão mundial contra o Pachuca, do México, que passou pelo representante do Marrocos. Mexicanos mostraram fragilidade, mas é mundial, favorito sim é o time gaúcho, nosso representante. Não tenho muita dúvida de que o Grêmio será o adversário do Real Madrid na final. Vejo com bons olhos o desenho final desta disputa, não duvido de que o Brasil pode com o seu tricolor superar o poderoso real de CR7.

Flamengo na Sul-Americana. Atleticanos acreditam

Torcida do flamengo é engrossada pelo coro dos atleticanos: “eu acredito.”

A final da Copa Sul-Americana vai encontrar o Maracanã com mais de sessenta mil rubro-negros sedentos de conquista, título, amparado ainda pela torcida dos atleticanos e dos nordestinos do Sport de Recife, esses por serem beneficiados em caso do triunfo flamenguista. Uma vitória por dois gols de diferença, dá o Mengão. Uma vitória que para os atleticanos irá valer por mais um ano do Galo na Libertadores.

 

*Luiz Linhares é diretor de Esportes da rádio Itabira-AM

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário