Das montanhas de Minas para o mar azul de Búzios, o rapper Lukinha DDG lança clipe para falar da força da mulher como se fosse uma aula  

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Utilizando-se de metáforas, o rapper Lukinha DDG está fazendo sucesso com o novo clipe Pretinha, lançado na terça-feira (21), já no youtube. Segundo o autor, em menos de 48 horas após o seu lançamento, a música alcançou  mais de 12 mil acessos.

Lukinha DDG iniciou a sua carreira artística em Itabira. No destaque com a modelo carioca Agatha Alves, na gravação do novo clipe. (Fotos: Divulgação)

Com o clipe Lukinha DDG propõe uma reflexão sobre questões étnico racial, além do empoderamento feminino, palavra na moda que nada mais significa que a mulher sendo dona de seu destino, que “sabe qualquer matéria, tem sangue de guerreira”.

Ainda conforme ele explica, o clipe tem narrativa e utiliza de conteúdos didáticos das disciplinas de geografia, física, matemática.

E mais tudo isso misturado com matérias menos palatáveis como gestão estratégica de negócios, química, biologia.

“É uma composição poética, tecnicamente construída”, sustenta o autor, para quem essas referências fazem parte de um contexto de valorização dos temas entrelaçados na canção.

Saiba mais

O rapper com o percussionista Juninho Ibituruna

Gravado em Búzios (RJ) pela produtora Pdrão vídeo Clipes, de BH, o clipe conta com participação da modelo carioca Agatha Alves.

Pretinha tem também participação especial do cantor itabirano Born, que faz o refrão.

A direção é de Pedro Henrique e Jackson Faustino, que também fez as imagens aéreas.

O instrumental tem a marca do produtor carioca M. Break, enquanto a captação de voz, masterização e mixagens são da produtora Pro Beats, de Belo Horizonte, excetuando os trabalhos do DJ Spider.

Para curtir o clipe clique aqui: https://www.youtube.com/watch?v=BUrPVcJ7Hqo

Quarentena Cultural 

Lukinha DDG leva um colóquio com Crioulo: afinidades artísticas, culturais e musicais (Foto: Gustavo Dantas)

O rapper, empreendedor e gestor de projetos Lukinha DDG começou a sua carreira artística em Itabira/MG. É um dos fundadores do grupo de rap Discípulos do Gueto.

Com a trupe, no final de 2006 fez várias apresentações e lançamentos musicais. Em 2010 deu início à sua carreira-solo ao lançar diversos clipes no Youtube.

Gravou o CD Na terra de Drummond, que recebeu elogios de Sandra de Sá e Jorge Ben Jor. Fez diversas apresentações em Minas Gerais.

Participou de show de Gabriel O Pensador, em Itabira – e da abertura de shows de importantes nomes da música brasileira como Criolo, Eduardo Taddeo (ex-Faccção Central), Zezé Motta, Zeca Baleiro.

O artista acumula diversos prêmios musicais e projetos de cunho social, educativo e formação.

Lukinha é diretor da DDG Produções Culturais e Artísticas e um dos fundadores do Instituto Lukinha DDG, organização da sociedade civil (OSC) reconhecida como de utilidade pública em Itabira.

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário