A cultura popular tem encontro marcado com o Tô na Praça neste sábado na praça do Campestre

1
Compartilhe.

Para celebrar o primeiro aniversário do coletivo Tô na Praça, que reúne artistas e artesãos da cidade em feiras livres itinerantes, você não poder perder neste sábado (9) um encontro marcado na praça José Máximo Resende, no bairro Campestre, no horário de 13 às 18h.

Nessa edição especial, a feira tem como tema Mestres da Cultura Popular – e conta com apoio do coletivo Mulheres na Praça e dos projetos de extensão Sankofa Capoeira e 4ª Arte, ambos da Unifei.

Gabriela Guerra, idealizadora do projeto Tô na Praça, que completa um ano de existência na praça do Campestre neste sábado. No destaque, apresentação da cantora Ana Cristina (Fotos: Carlos Cruz e Mauro Moura)

Juntamente com a feira haverá uma roda de conversa, a partir de 15h, seguida de apresentação dos grupos Lavadeiras de Ipoema, Marujada de Itabira e o Batuque do Barro Preto, uma comunidade quilombola de Santa Maria de Itabira.

Outra atração especial será a apresentação do mestre de capoeira Izael Teixeira, do grupo Pena de Ouro, de São Carlos (SP).

Conforme explica a professora Carolina Morelli, da Unifei, coordenadora do projeto Sankofa Capoeira, o evento aposta no protagonismo popular como expressão da cultura e da história. “A roda de conversa irá abrir espaços para que os participantes contem as suas histórias e apresentem as diferentes expressões culturais”, diz ela.

O objetivo é divulgar e valorizar a arte popular, que não encontra espaço na indústria cultural. A expectativa é de um sábado de cultura bem interativo, com o público sendo convidado a participar das rodas de capoeira, danças e folguedos.

A programação da edição de aniversário do Tô na Praça inclui ainda exposição de artesanatos, praça de alimentação e muitas apresentações artísticas. Peças artesanais e artísticas estarão à venda. Para mais informações acesse:

http://bit.ly/2LrQQZh.

Saiba mais sobre os projetos

Sankofa Capoeira

O projeto propõe divulgar a capoeira como prática de transformação social. Oferece às comunidades da Unifei e itabirana, atividades que fomentam a prática do esporte. O objetivo é buscar o bem-estar físico e emocional, a socialização. Outro objetivo é contribuir para a integração da população com a universidade.

O Sankofa oferece aulas gratuitas de capoeira, realizadas terças e quintas-feiras, de 17h45 às 19h15, no Espaço 4ª Arte, da Unifei-Itabira. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail carolina.morelli@unifei.edu.br.

Mulheres na Praça

Ligado ao movimento Tô na praça, o coletivo surgiu da união de várias mulheres que perceberam a necessidade de pautar e discutir o que é ser mulher no contexto itabirano, o protagonismo e a emancipação feminina. O coletivo se propõe realizar eventos e debates sobre temáticas sociais e culturais, com discussões e projetos voltados para a mulher. 

4ª Arte

O 4ª Arte é um projeto da Unifei constituído por professores e alunos. Promove a arte e a crítica social, nos espaços internos e fora da universidade. Por meio de diferentes formas artísticas de expressão, o projeto busca provocar o pensamento crítico e apoia a luta contra qualquer tipo de intolerância e preconceito.

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário