Pitacos da rodada esportiva

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

 Luiz Linhares* 

Se quiser dominar mais uma vez a América, Cruzeiro precisa reagir já

Foi um início nada promissor para os clubes mineiros no certame brasileiro por pontos corridos. Verdade é que nem sempre o time que começa bem termina assim. Afinal, regularidade é a palavra-chave, equilíbrio que não tem jogado com nossos representantes.

Cruzeiro vacila e mesmo com um a menos, Fluminense vence. No destaque, as campeãs do Praia Clube (Fotos: FSP)

Cruzeiro é o primeiro que merece nossa análise. Campeão mineiro, amargou duas derrotas neste início, em casa para o Grêmio e no Rio de Janeiro para o Fluminense, mesmo jogando com um jogador a mais em dois terços do tempo. Falta algo. A equipe cria sem ter eficiência na consolidação, ou seja, sem concluir bem ou mesmo simplesmente concluir.

É o simples, valendo o ditado: quem não faz leva. A sua defesa não está impondo segurança. É preciso reagir o quanto mais rápido possível, não se esquecendo de momento decisivo que também vive na Libertadores, ainda na fase de grupo. O time celeste está sem vitória em três jogos e necessita urgentemente de afirmação já nesta semana, quando enfrenta em casa, no Mineirão, o time chileno, na abertura do returno. Em caso de tropeço, o sonho de dominar a América fica em vontade.

Mesmo com vitória, Atlético oscila com rendimento pífio

Gustavo Blanco e Ricardo Oliveira foram decisivos na vitória do Galo (Foto: Superesportes)

Muito limitado é também o rendimento apresentado pelo Atlético. Perdeu a primeira no Rio em condições anormais, isto é, com arbitragem falhando e com os vacilos praticados. Na segunda partida, consegue ter um bom primeiro tempo contra os baianos do Vitória em casa no segundo jogo.

E muito desequilíbrio foi o que se observou na etapa complementar, oscilação que por pouco não lhe custava à vitória. Ganhou a primeira, mas sem deixar de preocupar o torcedor que espera mais do clube, seja em rendimento, qualidade e confiança em dias e situações melhores. É campeonato Brasileiro e são quase quarenta rodadas de dificuldade. Com o equilíbrio entre os times, não se espera facilidades. No máximo vai encontrar em uma ou outra partida. Mas com certeza, não será um caminho fácil.

América se assusta com torcida rubro-negra e perde

América leva dois gols no primeiro tempo e perde a primeira (Foto: Globo Esportes)

Por último, o América que venceu com sobra no primeiro jogo em casa, foi ao Maracanã enfrentar o Flamengo com quase 60 mil pessoas em campo. Assustou-se no tempo inicial, deu espaço ao adversário e levou dois gols no primeiro tempo.

Na segunda etapa cresceu, dominou, criou e esperdiçou inúmeras chances de marcar e mudar o destino da partida. Fica a lição: nem sempre acontece, é verdade, mas comprova mais uma vez que a melhor defesa é o ataque.

Copa Brasil tem novos desafios para os mineiros

Após sorteados os confrontos das oitavas, são incertas as condições para os mineiros buscarem presença nas quartas de final. Partidas equilibradas irão fazer Cruzeiro e Atlético do Paraná, com o segundo e decisivo jogo em Curitiba. Já o Galo pega a Chapecoense com decisão em casa, teoricamente com vantagem. Isso enquanto o América enfrenta a maior pedreira, o poderoso e favorito Palmeiras com decisão em São Paulo.

Jogar bem é o detalhe. Para cada disputa, serão 180 minutos que decidem. Vencer é a meta. Superar obstáculos e traçar novos caminhos são capítulos a serem escritos e colocados para a história.

De volta à elite do Mineiro                     

Parabéns ao Guarani, de Divinópolis, que de ponta a ponta liderou a fase de classificação da segundona mineira. Na hora da verdade penou, mas superou o Uberaba e retorna no próximo ano à elite do futebol mineiro.

Parabéns também ao Tupinambás, de Juiz de Fora, que se organizou ao longo dos anos. Voltou ao futebol profissional há poucos anos e trilhou também sua presença na elite no próximo ano de forma heroica dentro de Teófilo Otoni e com um gol no último minuto.

Festa mineira no voleibol

Praia Clube, campeã da Super Liga Feminina (Foto: FSP)

Minas Gerais volta a ser o cenário do melhor voleibol do país. De forma inédita o Praia Clube, de Uberlândia, ganhou a Super Liga Feminina e o Cruzeiro Sada chega a sua oitava final de superliga Masculina de vôlei.

Já o Sada Cruzeiro é o atual tetracampeão da Super Liga. Vai enfrentar o Sesi, de São Paulo, na grande final deste ano. E esta muito perto de mais uma conquista.

*Luiz Linhares é diretor de Esportes da rádio Itabira-AM

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário