Itabira permanece na onda roxa, mas flexibiliza algumas medidas mesmo estando com 100% de leitos de UTIs ainda ocupados

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Neste sábado (17), o prefeito Marco Antônio Lage (PSB) publica novo decreto com Itabira permanecendo na onda roxa, mas com algumas flexibilizações negociadas com alguns segmentos da sociedade.

Isso mesmo estando o sistema de saúde ainda colapsado, enquanto aguarda a abertura de 20 novos leitos de UTIs no hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), com apoio da mineradora Vale.

O novo decreto segue o que está prescrito na nota técnica emitida pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), que manteve o município e toda a microrregião na onda roxa pelo programa Minas Consciente.

A flexibilização vai permitir a reabertura de igrejas católicas e templos evangélicos. Incluirá também a reabertura de academias, serviços de fotografias, barbearias, salões de beleza, clínicas e centros de estética, além de autoescolas.

Mas para isso, os estabelecimentos liberados terão de arcar com as determinações legais, com as medidas já bastante conhecidas para a prevenção do contágio e reduzir o avanço da pandemia no município.

Segundo o prefeito, as novas medidas têm como referência a queda da média móvel da transmissão da Covid-19. Desde quinta-feira (15), a taxa de transmissão (Rt) caiu para 0,91, menor índice já registrado em 2021.

Indica que reduziu a velocidade da transmissão do vírus, mas isso não pode implicar em relaxamento e fim do isolamento social, com uso de máscara e higienização frequente das mãos e do rosto.

O prefeito diz que a flexibilização será fiscalizada para que seja cumprido todo o protocolo para a reabertura desses segmentos. Para isso haverá fiscalização conjunta do departamento de Posturas da Prefeitura de Itabira juntamente com a Polícia Militar.

O não cumprimento das regras estabelecidas pode acarretar na cassação do alvará ou até no fechamento imediato do estabelecimento.

Confira os segmentos que podem ser reabertos com os respectivos protocolos

Igrejas

Igrejas terão de controlar a entrada dos fiéis, permitindo a ocupação de apenas 25% da capacidade máxima dos templos, respeitando um distanciamento linear mínimo de 2,0 m. É obrigatório a utilização de máscara e álcool em gel.

Ainda como medida protetiva, os bebedouros de água e banheiros devem permanecer fechados. O retorno será permitido já a partir deste sábado, após a publicação do decreto.

Setor de beleza

Também a partir deste sábado fica permitido o retorno das atividades de salões de beleza, barbearias, centros e clínicas de estética. Os estabelecimentos devem funcionar adotando medidas para a prevenção da Covid-19.

Só será permitido atendimento com horário marcado e os agendamentos devem ter um espaço de tempo de 30 minutos para a devida higienização. O horário de funcionamento deve ser de 10h às 20h.

Academias

Academias de ginástica e outros empreendimentos de serviços voltados à prática de atividades físicas podem retornar a partir da segunda-feira (19).

É responsabilidade de cada estabelecimento controlar a entrada nas dependências, delimitar com fita o espaço em que cada cliente deve se exercitar nas áreas de peso livre, mantendo o distanciamento obrigatório de 2 metros entre os praticantes. Não está autorizada a prática de atividades coletivas.

Para as academias, é permitida a ocupação simultânea de um cliente a cada 10 m² na onda roxa, 7 m² na onda vermelha/amarela e 4 m² na onda verde. Deve-se disponibilizar álcool em gel em todos os espaços.

Cabe ao estabelecimento realizar controle de entrada e saída para assegurar a lotação máxima.

O interior das academias deve ser higienizado a cada uma hora, com desinfecção dos ambientes e aparelhos. O tempo de permanência de cada usuário deve ser de no máximo de 60 minutos. É obrigatório o uso de máscara por todos.

Os clubes sociais podem voltar a funcionar apenas para serviços relacionados a atividades físicas, também a partir do dia 19.

Não será permitido o uso de áreas de convivência, salões de festas e espaços recreativos para fins de lazer. O uso da piscina está permitido apenas para as atividades físicas de natação e hidroginástica.

Fotos

Está também autorizado o retorno de atividades de registro fotográfico, a partir do dia 19 de abril. Mas para a atividade, algumas regras devem ser cumpridas como: ensaios e registros fotográficos só podem acontecer em ambiente arejado e com boa circulação de ar, com agendamento prévio e intervalo de 30 minutos de um para o outro.

As sessões fotográficas devem ser com pessoas do núcleo familiar, que coabitam. O uso de máscara pelo profissional é obrigatório. Equipamentos de trabalho, como microfones, câmeras e outros objetos devem ser esterilizados antes e após o uso. E não podem ser utilizados por mais de uma pessoa durante o ensaio.

Autoescolas

As empresas de autoescola podem funcionar de 7h às 20h, no setor administrativo, apenas com atendimento na porta. As aulas de direção estarão autorizadas de 6h às 22h.

Os proprietários terão que fazer a higienização do carro a cada troca de aluno, obedecendo ao intervalo de 30 minutos entre cada condutor.

Restrição em supermercados

Considerando o artigo 6º, que trata das restrições em supermercados e congêneres, fica proibida a entrada de mais de um cliente por família, exceto se a pessoa possuir dificuldade de locomoção.

Essa limitação está especificada na última atualização da Onda Roxa do Minas Consciente. As empresas deste setor continuam com horário de funcionamento até às 22 horas.

Demais atividades

As demais atividades econômicas, que não constam na lista de essenciais do programa Minas Consciente, continuam restritas a vendas com entrega em domicílio ou retirada na porta. O autosserviço ou sistema self-service não é permitido pelo decreto.

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Cristina Silveira on

    Entendi, o Corona vírus, decidiu não invadir Itabira. Abriu uma única exceção, né?
    Tô de saco cheio (ético) de Itabira. Que horror!
    E aguardemos mais e mais mortes todos os dias.
    Viva o Vírus!

Deixe um comentário