Itabira não tem carnaval, mas Ipoema promete animar a festa momesca com blocos, Ecofolia e mergulho nas cachoeiras

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Como já tem virado tradição de nada, ou quase nada se ter no carnaval em Itabira, para este ano a história não será diferente. Por uma alegada falta de recursos, consequência da crise que assola o país e os municípios, a Prefeitura não irá promover a festa momesca neste ano na cidade – e o apoio oferecido às associações de bairro foi considerado insuficiente.

Com isso,  a juventude itabirana que que não pode sair da cidade por motivos de trabalho, e também pela falta de recursos financeiros, é que sofre as consequências de nada ter para se fazer durante o tríduo momesco.

O menestrel do samba Tobias foi homenageado no carnaval da Amapará, que não será realizado neste ano (Fotos: Carlos Cruz, Adélio Valério e Divulgação)

“Se a Prefeitura apoiasse o carnaval em outras regiões da cidade, não haveria tanta gente vindo para o nosso bairro. Sem isso, não há como controlar a multidão que vem de todos os bairros”, aponta a presidente da Associação de Moradores do Bairro Pará (Amapará), Sônia Jabour, como um dos motivos para desistir de organizar o carnaval no bairro.

Além disso, ela conta que o apoio oferecido pela Prefeitura (montagem do palco com cobertura e banheiros) não foi o bastante diante dos custos elevados para cobrir a programação.

Outro motivo, alega, é a falta de segurança. “A Polícia Militar nos disse que faria a segurança, mas sem base fixa no bairro, o que nos deixaria desguarnecido.”

São esses também os motivos para a Associação dos Moradores do Bairro Campestre desistir de promover a tradicional festa momesca. “Tem um grupo de moradores e comerciantes pensando em organizar o carnaval, mas ainda não está certo”, conta a presidente Fabíola Torre.

Ave que canta

Bloco das Virgens, Vadias e Sacanas, de Ipoema: desfile e animação no domingo

Para quem não quer, ou não pode deixar o município para se divertir no carnaval fora de Itabira há opção de se dirigir ao distrito de Ipoema, que tem se tornado um badalado balneário, com ótimas cachoeiras para se refrescar neste verão escaldante.

A Associação  dos Amigos Participativos de Ipoema  (Ampir), com apoio da administração distrital, promove a festa momesca de domingo a terça-feira.

Para isso, a Prefeitura instalou palco, com som, decoração e iluminação. “Será um carnaval econômico, mas com muita animação”, adianta o comerciante Valério Adélio, que é também presidente do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) do município.

Uma das atrações do carnaval ipoemense será a eleição da rainha do bloco Virgens, Vadias e Sacanas (VVS), que neste ano completa 24 anos de desfile e muita animação. O bloco sai tradicionalmente no domingo pela manhã com muito humor e criatividade.

Logo após o desfile será promovido um churrascão. Os interessados em participar devem comprar o abadá que dá direito ao ingresso, vendido antecipadamente e também no domingo, no transcorrer do desfile.

Para este ano, os foliões fazem segredo do tema do samba-enredo do bloco. Entretanto, as apostas são de que a aliança perdida na cachoeira Alta (Macuco), uma das maiores atrações turísticas do distrito, por um certo comandante da Polícia Militar – e que mobilizou a guarnição especial de mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar para encontrá-la no fundo do poço – será o tema deste ano. Uma situação que seria hilária, caso não fosse abuso de poder e tráfico de influência.

Ecofolia

Ecofolia é promessa de carnaval com reflexão sobre o meio ambiente no Parque Estadual do Limoeiro

Outra atração do distrito de Ipoema, que é o portal de acesso à região do Mato Dentro com suas cachoeiras e riachos de água cristalina, será o Ecofolia, que é realizado no Parque Estadual Mata do Limoeiro. Trata-se de um evento que mescla a festa momesca com reflexões sobre a importância de se preservar o meio ambiente.

Participe!

PROGRAMAÇÃO DA ECOFOLIA

SEXTA, 1º DE MARÇO

19H – ABERTURA DO PROJETO ECOFOLIA 2019

SÁBADO, 2 DE MARÇO

8H – APRESENTAÇÃO DAS SALAS TEMÁTICAS DO PARQUE

9H – ONDE VOCÊ ESTÁ: A HISTÓRIA DA MATA DO LIMOEIRO COM OS SRS. NEY AZEVEDO E RAIMUNDO AFONSO, DEFENSORES DA MATA DO LIMOEIRO NA DÉCADA DE 80.

10H – RODA DE CONVERSA “O SER HUMANO E O MEIO AMBIENTE” COM PALOMA BIANCA, PSICÓLOGA.

11H – TRILHA DOS SENTIDOS

13H – 5 ANOS DE FORTALECIMENTO DO PARQUE ESTADUAL MATA DO LIMOEIRO: O APOIO E ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO NO PARQUE COM A PROMOTORA DE JUSTIÇA

DRA. GIULIANA TOLOFFI

14H30MIN – ECOTURISMO NO PARQUE: A VOLTA DA MATA DO LIMOEIRO

ANDERSON CERCEAU.

15H30MIN – UM OLHAR JURÍDICO SOB UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

LUIZA ARAÚJO, DA FUNCESI.

16H30MIN – “ECODESIGN”

LEONARDO DE SOUZA, FACULDADE PITÁGORAS.

18H – LIMOEIRO DIGITAL

19H30MIN – CAMINHADA NOTURNA E BATE-PAPO SOBRE POTENCIALIDADES TURÍSTICAS DE IPOEMA

RONEIJOBER ANDRADE – GUIA TURÍSTICO E MORADOR DE IPOEMA.

DOMINGO, 3 DE MARÇO

8H30MIN – LANÇAMENTO DO SELO COMEMORATIVO DE 8 ANOS DE CRIAÇÃO DO PARQUE

ALEX AMARAL

9H – LANÇAMENTO DA REDE DE PESQUISADORES DO PARQUE ESTADUAL MATA DO LIMOEIRO

E PALESTRA A IMPORTÂNCIA DAS PESQUISAS NO PARQUE

FRED MENDES – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS E

FACULDADE LATINO-AMERICANA DE CIÊNCIAS SOCIAIS 13H – MESA REDONDA

QUE BICHO É ESSE?

JOYCE RAMOS – PUC MINAS

A IMPORTÂNCIA DAS COMUNIDADES PARA UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO –

PEDRO DIAS – UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA

A INFLUÊNCIA DA LIDERANÇA EM PROJETOS SUSTENTÁVEIS

DOUGLAS MATIAS – FACULDADE PITÁGORAS

15H – ATIVIDADE INTERATIVA: “EU JÁ CONHEÇO O PARQUE? ”

INFORMAÇÕES: “PASSA OU REPASSA” COM PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O PARQUE.

18H – LIMOEIRO DIGITAL

19H – NOITE DE CULTURA E SUSTENTABILIDADE NA COMUNIDADE DE SERRA DOS ALVES.

CINEMA NA COMUNIDADE: EXIBIÇÃO E DEBATE DO DOCUMENTÁRIO PLANETA ÁGUA, NO GRUPO ESCOLAR NA COMUNIDADE DA SERRA DOS ALVES.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS AMBIENTAIS, COM MÔNICA SOUZA NA CASA DE CULTURA NA COMUNIDADE DA SERRA DOS ALVES.

20H – SARAU DO GERALDO RAUL

NO GRUPO ESCOLAR DA SERRA DOS ALVES

SEGUNDA, 4 DE MARÇO

8H30 MIN – OFICINA “PINTURA EM MADEIRA REUTILIZADA”

COM SARA SANDRA NA SEDE DO PARQUE

14H30MIN – OFICINA DE PRODUÇÃO DE PORTA RETRATO COM CAIXINHA DE LEITE

COM FERNANDA OLIVEIRA NO SALÃO PAROQUIAL DE IPOEMA

OFICINA DE PRODUÇÃO MÁSCARAS COM MATERIAIS RECICLÁVEIS

COM DIULY MESQUITA SALÃO PAROQUIAL DE IPOEMA

20H – THE VOICE LIMOEIRO

TERÇA, 5 DE MARÇO

9H – PLANTIO DE MUDAS EM ÁREA DO PARQUE

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário