Itabira conta com reforço para o enfrentamento à Covid-19

WhatsApp Pinterest LinkedIn +
 
Vale, Einstein e Mercedez-Benz instalam carreta em Itabira para atendimento primário de pessoas com suspeita da doença

A partir desta quinta-feira, 22/7, Itabira ganhará mais um reforço no enfrentamento da COVID-19. Uma unidade móvel de saúde instalada em uma carreta vai possibilitar o atendimento primário de pacientes com suspeita da doença. A iniciativa realizada em conjunto com a Vale, Mercedes-Benz do Brasil, Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e Prefeitura tem o objetivo de reforçar a rede de saúde do município no combate da pandemia.

A unidade móvel de saúde funcionará na antiga sede do Corpo de Bombeiros, na região central da cidade, e terá capacidade para 30 atendimentos diários que serão direcionados pelas unidades do Programa Saúde da Família (PSF) da Prefeitura. Serão realizadas tomografias computadorizadas, além de exames de gasometria arterial e testes rápidos de Covid-19. Toda assistência ao paciente será feita pela equipe médica do Einstein, que conta com 10 profissionais.

Apoio à rede hospitalar

A iniciativa também vai possibilitar uma troca de conhecimento e suporte clínico aos casos mais críticos de COVID-19. Por meio da Tele-UTI, um médico intensivista do Einstein discutirá, conjuntamente com a equipe médica da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Carlos Chagas, de Itabira, a estratégia diagnóstica e o plano terapêutico para o paciente internado. Serão 10 pacientes assistidos a cada dia.

“Desde o início da pandemia, temos apoiado as cidades onde estamos presentes no enfrentamento da Covid-19. A parceria com o Einstein e a Mercedes Benz reforça nossos esforços ao dar suporte ao atendimento feito pela rede municipal de saúde de Itabira. Estamos atentos às necessidades dos territórios onde atuamos, buscando desenvolver ações que melhorem a qualidade de vida das comunidades e promovam desenvolvimento, alinhadas ao nosso pilar do novo pacto com a sociedade”, destaca a Vice-presidente Executiva de Pessoas da Vale, Marina Quental.

Em março, o Einstein foi contratado pela Vale para realizar consultoria técnica em gestão de saúde para o município por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Na ocasião, a Vale suportou a implantação de 20 UTIS com equipe especializada e doou 10 ventiladores pulmonares, além de cinco geradores de alto fluxo para suporte respiratório. “Sabemos da nossa responsabilidade com as comunidades dos territórios onde atuamos. Agora, essa unidade móvel de saúde vem intensificar toda a estrutura de combate da pandemia em Itabira”, reforça Daniel Daher, Gerente-executivo do Complexo Itabira.

Investimento

Com suporte oferecido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo, a participação do governo alemão no projeto de Unidades Móveis de Saúde é realizada por meio do develoPPP.de, um programa do BMZ (Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico), sendo implementada pelo DEG (Deutsche Investitions- und Entwicklungsgesellschaft mbH), subsidiária da KfW Bankengruppe, que, entre diversas ações globais, destina recursos para programas em países emergentes e em desenvolvimento com foco em questões sociais, ambientais e econômicas. Para a aquisição das Unidades Móveis de Saúde, o Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha, via DEG/KfW, está contribuindo com 4,5 milhões de Euros.

Outras ações

No ano passado, em apoio à Prefeitura de Itabira e Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), a Vale doou cerca de 10 mil kits de testes rápidos e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) que foram utilizados na realização de um estudo epidemiológico município. O estudo é um projeto da Secretaria Municipal de Saúde e possibilitou a avaliação da prevalência da infecção pelo novo Coronavírus e sua evolução na cidade.

Além dos testes, a empresa disponibilizou equipe técnica e veículos para o transporte dos profissionais da saúde que coletaram os dados para o estudo. A empresa também doou para o Hospital Nossa Senhora das Dores mais de 1,6 milhão de EPIs e mais de 8 mil kits de testes rápidos

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário