Homens podem ter disfunção erétil por covid-19, diz médica americana

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

VivaBem – Mesmo com a pandemia de covid-19 já durando meses, a medicina continua a investigar possíveis consequências da doença causada pelo novo coronavírus.

A médica americana Dena Grayson, especialista em doenças infecciosas, alertou nesta semana para a possibilidade de homens sofrerem de disfunção erétil após se recuperaram da covid-19.

Grayson atribuiu a possibilidade ao fato de a doença comumente causar problemas vasculares nos pacientes. No início de julho, o ator americano Nick Cordero morreu aos 41 anos após ter complicações em decorrência da covid-19 e ter que amputar uma perna por problemas de circulação….

“Há uma preocupação real aqui de que os homens possam ter problemas de disfunção erétil a longo prazo com este vírus, porque sabemos que ele causa problemas vasculares”, disse Dena Grayson em entrevista à NBC Chicago LX.

Os problemas vasculares podem atingir qualquer vaso sanguíneo do corpo humano. Eles fazem com que a circulação seja afetada, principalmente de braços, pernas, pés e cabeça.

“Isso é algo realmente preocupante. Não é apenas que esse vírus pode matar você, mas pode realmente causar complicações de longo prazo, ao longo da vida”, acrescentou a médica.

Para Dena Grayson, a tendência é que os médicos ainda descubram mais “consequências negativas da infecção a longo prazo”. A médica acredita que o sistema neurológico também possa ser afetado após uma pessoa se curar da covid-19….

 

 

 

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário