“Eu não posso mudar a roda, mas o seu sentido, sim. Sem desperdício, vamos dar novo rumo à Itabira”, promete Jânio Nunes, do PSOL, na OAB

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Ele não tem o discurso ideológico e engajado do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), agremiação política de esquerda fundada em 2005, tendo como símbolo um sol sorridente desenhado por Ziraldo, dissidência do Partido dos Trabalhadores (PT), mais à esquerda na defesa dos trabalhadores e das imensas minorias discriminadas.

O advogado Jânio Nunes, candidato a prefeito de Itabira pelo PSOL foi o segundo prefeiturável de Itabira a se apresentar na terceira edição (a primeira apresentação era para ser com Marcinho “da Loteria”, que não compareceu) no Bate-Papo Eleitoral com a OAB, promovido pela sua 52ª subseção. O segundo encontro foi com Alexandre “Banana” (PT). Na segunda-feira o bate-papo será com o prefeito Ronaldo Magalhães (PTB) e na terça-feira com Marco Antônio Lage (PSB).

“Sou nascido e criado há 60 anos em Itabira, que hoje está à deriva”, disse ele, logo na apresentação. Sem a contundência característica do PSOL, o socialista ficou na crítica aberta à administração de Ronaldo Magalhães, candidato à reeleição – e também nas propostas genéricas bem ao gosto do senso comum.

Diversificação

Jânio Nunes promete não criar “cabide de empregos” na Prefeitura e cortar em 30% os salários do primeiro ao terceiro escalão. (Fotos: Internet)

Para o desenvolvimento de Itabira, depois de extraída a última tonelada de minério de ferro de seu subsolo, o que se dará quase um século após o início da exploração em larga escala pela mineradora Vale, Jânio Nunes disse que irá oferecer o que for preciso para atrair indústrias que queiram se estabelecer no município.

Mas ele ainda não sabe quais serão as vantagens competitivas que irá oferecer, tornando o município competitivo para atrair o capital privado. Apenas adiantou que sua equipe técnica irá estudar e propor uma política de desenvolvimento econômico diversificado, como fazem todos os candidatos.

“Vamos ver o que os empresários querem. Se for isenção de impostos, eu dou. Mas não vou agir sozinho. Irei com advogado para ter o cuidado de não cair em ato de improbidade. Não vou fazer como esse governo, que não criou condições para que novas empresas se estabeleçam em Itabira”, comparou.

E acrescentou: “a minha candidata a vice (Marlene Carvalho Sampaio, também do PSOL) é empresária do ramo de beleza e é conhecedora da causa. Ela irá participar também.”

Educação

Ao ser perguntado como iria diminuir as desigualdades decorrentes do acesso à rede de computadores entre estudantes de escolas públicas e privadas, Nunes prometeu equipar as escolas municipais com computadores e internet de qualidade.

“Vou instalar Wi-Fi (rede de internet sem fio) nas escolas municipais para os pais e alunos carentes terem condições de estudar on line”, disse ele, que ressaltou a importância de seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), das secretarias e do Ministério da Saúde para preservar a vida, antes de decidir pela volta às aulas presenciais.

“Vou também oferecer condições para o aluno estudar em casa, se for o caso, comprando computadores para ele. Mas isso eu vou ver como fazer com o meu secretário de Educação para não ter improbidade administrativa”, voltou a repetir, ressaltando a importância de seguir o que exige a lei e assim não incorrer em falcatruas com o dinheiro público.

Recursos

Para melhor equipar as escolas municipais em tempos de pandemia, assim como melhorar o atendimento de saúde básica (“estou há quatro anos aguardando o agendamento de uma consulta médica”), o candidato acredita que recursos não irão faltar. “Itabira é a sétima arrecadação de ICMS no estado. O que falta é administrar melhor os seus recursos, o que não está acontecendo”, alfinetou.

Ele contou ter trabalhado na área de raios X da Prefeitura, quando constatou a fila imensa que tem-se formado para atendimento nos Postos de Saúde da Família (PSFs) “Já chegamos a ter 50 pacientes precisando de raios X e ter de voltar para trás sem atendimento por causa de um termostato queimado. Na Chapada, o dentista ficou sem trabalhar por causa de um compressor queimado.”

Para obter os recursos necessários, Jânio Nunes já sabe o que fazer. “Vamos economizar reduzindo em 30% os salários do primeiro ao terceiro escalão. Com essa economia, vamos investir mais na saúde e na educação”, prometeu. “Não vamos inchar a Prefeitura com gente de fora nos cargos comissionados. Na Prefeitura tem muita gente competente”, é o que ele promete.

“No meu governo não vai ter cabide de empregos”, o candidato voltou a criticar a atual administração, que, segundo o Observatório Social Brasileiro de Itabira (OSBI), é campeã nesse quesito na região, só perdendo para a vizinha João Monlevade. “É a velha política de utilizar cargos comissionados como troca de apoio político”, criticou, referindo-se ao fisiologismo do toma lá dá cá.

Mais críticas

O candidato propôs também fortalecer a Itaurb para que volte a cuidar com zelo da limpeza urbana o que, segundo ele, deixou de acontecer na atual administração. “Vamos fazer uma auditoria na Itaurb e rever as demissões sem justificativas”, comprometeu-se.

“As praças estão sujas. Fui na pracinha do Pará e constatei o abandono em que ela se encontra. Em termos de mobilidade urbana, Itabira está um caos. Os passeios estão horríveis, as praças sujas e abandonadas. Temos que melhorar a mobilidade urbana para os cadeirantes.”

Nunes pretende também rever as taxas cobradas nas contas de água e de iluminação pública. “Para onde está indo esse dinheiro?”, questionou o candidato, que disse ser contra a reeleição para que o prefeito deixe de utilizar indevidamente a máquina administrativa em proveito próprio.

“Só quero ficar quatro anos no governo. Eu não tenho condições de mudar a roda, mas o sentido dela eu posso mudar”, disse metaforicamente, prometendo tornar Itabira uma cidade feliz, pois recursos não há de faltar por bem gastar o dinheiro do povo.

Mas ele adiantou: “Nada irá sair só de minha cabeça, mas do corpo administrativo que iremos montar para não incorrer em improbidade administrativa”, voltou a frisar o candidato a prefeito pelo PSOL, preocupado com a lisura no serviço municipal, já no encerramento da roda de conversa com a OAB.

Confira a programação d Bate-Papo Eleitoral com a OAB

Dia 03/11 – Marcinho da Loteria (não compareceu)

Links:

Facebook: https://www.facebook.com/events/2585757525018291/

Youtube: https://youtu.be/-3QYy1n2YWc

Dia 04/11 – Alexandre Banana (já realizado, disponível na rede social)

Links:

Facebook: https://www.facebook.com/events/290156378757804/

Youtube: https://youtu.be/ZjcDj8YZGZ8

Dia 06/11 – Jânio Nunes (já realizado, disponível na rede social)

Links:

Facebook: https://www.facebook.com/events/2409430166020108/

Youtube: https://youtu.be/C0Ah2boCIfs

Dia 09/11 – Ronaldo Magalhães

Links:

Facebook: https://www.facebook.com/events/278248500203454/

Youtube: https://youtu.be/TiW1GuU13N4

Dia 10/11 – Marco Antônio Lage

Links:

Facebook:

https://www.facebook.com/events/700756700561035/

Youtube: https://youtu.be/9ZapG-DIvSU

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Pingback: Ronaldo Magalhães diz que o futuro já começou em Itabira, com mais investimentos na Unifei como âncora para a diversificação econômica   - Vila de Utopia

Deixe um comentário