Com blocos ousados e marchinhas irrverentes, festa de Momo em BH promete superar expectativas

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Por Genin Guerra*

Não é novidade que o carnaval de rua de Belo Horizonte vem surpreendendo todo o Brasil pela intensa participação popular e pela criatividade dos diversos blocos de rua. São bons exemplos os blocos Baianas Ozadas, Todo Mundo cabe no Mundo, Atrás do Jacaré, Pena de Pavão de Krishna, Magnólia etc.

Mas, surpreendente também é o concurso de marchinhas Mestre Jonas, que já está na sua 7ª edição. Trata-se de um dos momentos mais aguardados do carnaval de Belo Horizonte, um evento que celebra a irreverência, a criatividade e o talento dos compositores mineiros.

Neste ano, foram inscritas 76 marchinhas que podem ser conferidas no site: https://soundcloud.com/concursomestrejonas/sets/vii-concurso-de-marchinhas.

Quinze músicas serão pré-selecionadas. A grande novidade deste ano é que, dentre as canções que serão apresentadas ao público no evento do sábado, dia 26 de janeiro, uma será de escolha do público em votação aberta pela internet em www.facebook.com.br/concursodemarchinhasmestrejonas.

Outras novidades podem  ser conhecidas no Parque Municipal. O local recebe pela primeira vez o Concurso e está sendo preparado com uma estrutura inédita, com palco e som de qualidade. E, ainda com restaurantes, foodtrucks e com muita cerveja geladíssima!

Quem estiver interessado acesse: www.sympla.com.br/mestre-jonas, cadastre-se e retire seu ingresso gratuito. Serão distribuídos quatro ingressos por CPF.

As 10 melhores marchinhas escolhidas pelo júri na Seletiva do Parque Municipal se apresentam na grande final no dia 4 de fevereiro, no espaço cultural Distrital, dentro do Mercado do Cruzeiro.

*Genin Guerra é artista plástico, chargista, escultor e colaborador deste site Vila de Utopia

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário