André Viana toma posse no conselho de Administração da Vale com promessa de representar os trabalhadores e as cidades mineradas

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Com o compromisso de representar os trabalhadores da mineradora de todo o país, e também a cidade de Itabira, sua principal base de atuação, e demais cidades mineradas do país, o presidente do sindicato Metabase, André Viana Madeira, tomou posse no Conselho de Administração da Vale – e participou das primeiras reuniões virtuais nos dias 6 e 7 deste mês.

“Tenho a responsabilidade de atender aos anseios de milhares de trabalhadores que votaram em mim”, disse o sindicalista em seu discurso de posse no conselho dessa multinacional brasileira, a segunda maior mineradora do mundo.

Viana salientou que faz parte da terceira geração de trabalhadores de sua família a ingressar no quadro de empregados da mineradora. “Meu pai, hoje com 81 anos, e meu falecido avô, fazem parte dessa história desde a fundação da empresa. Hoje, com 16 anos de trabalho na Vale, também me sinto como parte dessa história de muito trabalho e suor”.

André Viana assume a cadeira ao lado do também itabirano José Duarte Penido, ex-presidente da Samarco Mineração e presidente do Conselho.

Com os dois conterrâneos no conselho de administração da mineradora, espera-se que a Vale tenha um olhar diferenciado para a cidade onde nasceu e a projetou para o mundo.

E que, com as duas vozes representando os seus 109 mil habitantes, Itabira deixe de ser vista apenas como a “boca da mina”, de onde se extraiu mais de 1 bilhão de toneladas de hematita até a exaustão – e que ainda não se preparou para o fim de sua riqueza ferrífera, o que deve ocorrer inexoravelmente na próxima década.

“Tenho a responsabilidade de atender aos anseios dos milhares de trabalhadores que votaram em mim em todo o Brasil, de norte a sul, mas com destaque para o Sistema Sul, que vive momentos de instabilidade com a proximidade da exaustão do minério de Itabira e com os eventos de Brumadinho e Mariana”, salientou o sindicalista itabirano em seu discurso de posse.

“Quero ajudar a garantir uma empresa grande e sólida”, complementou. Nessa nova missão, Viana disse ser aberto ao diálogo, mas adiantou que pretende atuar de forma independente. “Acredito que os reais responsáveis pela lucratividade, e crescimento espetacular desta grande empresa, são os mais de 60 mil trabalhadores que fazem parte do seu quadro de empregados.”

Viana adiantou que tem pautas específicas, e gerais a serem levadas à apreciação nas reuniões do conselho da multinacional brasileira. Dentre elas, ele assinalou os efeitos da pandemia nos trabalhadores (empregabilidade, economia, prevenção ao contágio pela Covid), além da futura e iminente exaustão das minas de Itabira.

Relacionou como um dos meios para a sustentabilidade futura da cidade minerada a possibilidade de processar os recursos minerais da serra da Serpentina, de Conceição do Mato Dentro, nas plantas de beneficiamento do complexo de Itabira.

“Itabira e Minas Gerais terão voz ativa no conselho, sempre com humildade, mas com firmeza. Nossa voz não se calará por melhorias e investimentos para a nossa região”, assinalou em seu discurso de posse.

Sabia mais

O Conselho de Administração da Vale é responsável pela definição das políticas e das diretrizes gerais da empresa, análise de planos e projetos propostos pela Diretoria Executiva e avaliação dos resultados.

Reúne-se ordinariamente todo mês. E extraordinariamente sempre que convocado pelo seu presidente, vice-presidente ou outros dois membros. Suas decisões exigem um quórum que represente a maioria dos membros e são tomadas por voto majoritário.

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário