Vereadores reprovam convocação da secretária de Meio Ambiente, mas aprovam convite para explicar corte de árvores

1
Compartilhe.

Agora não tem mais como a secretária de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Priscila Braga Martins da Costa, deixar de comparecer à Câmara Municipal para explicar aos vereadores quais foram os critérios técnicos utilizados para aprovar o corte de árvores por toda a cidade nos meses de outubro e novembro.

Neidson Freitas assegurou que Priscila agora comparece à reunião das comissões (Fotos: Carlos Cruz e Maria Marta M. Costa)

“De um jeito ou de outro ela vai ter que estar presente aqui”, assegurou o vereador Neidson Dias Freitas (PP), referindo-se ao convite que, enfim, será encaminhado à secretária de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Priscila Braga Martins da Costa, para que compareça nesta quinta-feira (7/12), ou no máximo na próxima semana, na reunião das comissões temáticas.

A mesma garantia de que ela comparecerá foi dada pelo líder do governo na Câmara, vereador Allain Figueiredo Gomes (PDT), ao pedir para que a bancada governista reprovasse o requerimento de convocação, apresentado pelo vereador Weverton “Vetão” Santos Andrade (PSB).

O líder do governo, vereador Allain Gomes, disse que se a secretária não comparecer, ele mesmo pede a convocação

“Peço aos vereadores que votem contra o requerimento. E que aprovem um convite para a secretária comparecer na reunião das comissões. Se ela não atender ao convite, eu mesmo irei apresentar requerimento (de convocação)”, comprometeu-se, livrando assim os seus pares situacionistas do vexame de reprovar o requerimento sem dar um atestado de que não estão dispostos a fiscalizar o governo municipal.

Placar da votação do requerimento de convocação. Os vereadores Diguerê e Solimar estavam ausentes

Com a saída “honrosa”, o convite foi aprovado e a convocação reprovada, tendo apenas os votos favoráveis do autor do requerimento e dos vereadores Reginaldo das Mercês Santos (PTB) e Agnaldo “Enfermeiro” Vieira Gomes (PRTB).  Se a convocação fosse aprovada, o comparecimento da secretária seria obrigatório. Com o convite, ela vai à reunião se isso lhe aprouver.

 

Mais protestos

O vereador Vetão protestou também pelo fato de a direção da Câmara não ter enviado, no início do mês passado, o mesmo convite para que a secretária comparecesse à Câmara.

O convite foi aprovado pelos vereadores na reunião do dia 31 de outubro – dois dias depois de os moradores dos bairros Centro e Pará realizarem ato público em protesto pelo “corte indiscriminado de árvores por toda a cidade”.

Vereador Vetão apresentou requerimento de convocação, mas foi derrotado

“Vou aguardar para ver se dessa vez a secretária comparece. Se ela não aparecer, vou recorrer ao Ministério Público para que investigue a legalidade e as eventuais irregularidades cometidas nesses cortes.”

O vereador disse também que deve pedir ao Ministério Público uma investigação sobre os laudos, ou pareceres, que atestaram o precário estado fitossanitário das árvores suprimidas, indagando.

Ele quer saber se foram emitidos por técnicos devidamente habilitados para esse fim. “Até hoje a secretária não se dignou a encaminhar os documentos que solicitamos”, protestou.

O vereador Reginaldo Santos lembrou que além do corte de árvores, há também outros assuntos pendentes e que precisam ser esclarecidos pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

“Aqui, nesta Casa, nunca ofendemos um secretário, tratamos todos com o maior respeito. Espero que a Priscila esclareça ainda porque decidiu acabar com o programa Preservar para não secar, o maior que havia em Itabira voltado para o produtor rural. Acabaram com ele sem dar explicações.”

Reginaldo Santos quer saber também sobre o programa Preservar para não secar

Desdém com a oposição

Ainda pela bancada situacionista, o vereador Paulo Soares (PRB),  sempre presente nos debates em defesa do governo, considerou que a oposição exagera ao pretender convocar, até aqui sem sucesso, secretários municipais para que compareçam à Câmara para esclarecer dúvidas. “Deixem os secretários trabalharem”, sugeriu o vereador, em uma reunião anterior.

Paulo Soares desdenhou dos requerimentos de convocação

Na reunião dessa terça-feira (5/12), o vereador sindicalista voltou a desdenhar do requerimento da oposição, repetindo tresloucadamente:

“Chama o secretário, chama a secretária, chama o secretário que não atende ninguém, não atende ninguém. Fica só nisso”, ironizou, repetidamente, num pronunciamento de difícil compreensão pela dicção pouco clara – e também pela baixa qualidade do som.

“Eu não entendo o vereador Vetão, que tanto trabalha pela comunidade, mas fica aqui nessa insistência de convocar a secretária”, disse, em mais um discurso para blindar Priscila Martins da Costa.

Livre manifestação

Já o vereador André Viana (Podemos) procurou relativizar o desgaste decorrente da reprovação do requerimento de convocação. “Ninguém pode ser convocado pela imprensa”, disse, criticando o não envio por escrito do convite para a secretária – e que havia sido anteriormente aprovado pelos vereadores.

André Viana relativizou a não convocação: “nas comissões é mais democrático.”

“Vou acreditar no pedido do vereador Allaim e votar contra a convocação. Que a secretária venha como convidada à reunião das comissões. Eu acho até mais válido do que se fosse na tribuna, pois nas comissões a população pode se manifestar livremente”, argumentou.

De fato, nas reuniões plenárias é proibido ao público se manifestar verbalmente, o que, evidentemente, não é obedecido. Ocorrem sempre gritos, sussurros e apupos – e até ofensas aos vereadores.

Já na reunião das comissões temáticas é franqueada a livre manifestação popular, podendo qualquer cidadão formular diretamente as suas perguntas às autoridades convidadas.

 

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Mauro Andrade Moura em

    Menos mal.
    Pelo menos agora a secretaria de meio ambiente de Itabira irá nos explicar como deixou a secretária de desenvolvimento urbano de Itabira cortar as árvores da pracinha próxima ao Cemitério do Cruzeiro.

Deixe um comentário