Vale irá testar todos os seus empregados em Itabira pela covid-19 assim que chegar a compra de novos kits da China

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Segundo informa a assessoria de imprensa, a mineradora Vale irá testar, nos próximos dias, todos os seus empregados e terceirizados para detectar possíveis casos de infecção pelo novo coronavírus (covid-19). Para isso a empresa já adquiriu os kits de teste, só aguardando os próximos lotes, vindos da China, chegarem ao Brasil.

Antes, em março a mineradora adquiriu 5 milhões de testes rápidos para o governo federal – e que estão sendo distribuídos de acordo com a logística do Ministério da Saúde entre os estados brasileiros. Dessa primeira compra já chegaram 3,5 milhões de kits de teste.

André Viana, do Metabase, com o provedor Vaquimar Vaz: “união é necessária para vencer a pandemia.”

Segundo o presidente do sindicato Metabase, André Viana, em Itabira a empresa pretende testar 8 mil empregados diretos e indiretos.

“A Vale será a primeira empresa no Brasil a fazer testes rápidos entre os seus empregados.” Viana tem participado das negociações em torno das doações espontâneas da mineradora aos hospitais em sua área de influência.

A expectativa, diz o sindicalista, é que esse novo lote de testes chegue ao Brasil no mês de maio. Ainda segundo ele, serão doados também 8 mil kits de teste rápido ao Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), que serão usados para testar os seus profissionais de saúde e pacientes para identificar quem está ou não infectado pela covid-19.

A assessoria de imprensa da Vale confirma que haverá mesmo essa doação, mas não soube dizer a quantidade de kits que será destinada ao hospital. Apenas diz que a doação faz parte de um conjunto de ações espontâneas da empresa, o que inclui a entrega ao HNSD de equipamentos de segurança, ocorrida nessa quinta-feira (23).

Equipamentos

Representantes da Vale entregam materiais de segurança ao Hospital Nossa Senhora das Dores (Fotos: Divulgação)

Esse primeiro pacote de doação, já entregue, é composto 76 mil máscaras cirúrgicas, 18 mil luvas e 200 óculos de proteção. A assessoria de imprensa da Vale informa ainda que nos próximos meses serão doados ao hospital mais equipamentos de proteção, entre máscaras N95 e capotes plásticos, além dos kits de teste rápido.

Segundo o provedor do HNSD, Vaquimar José Vaz, todo esse material será destinado aos profissionais diretamente envolvidos no enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19).

Ele revela que o apoio da mineradora foi obtido por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde e do sindicato Metabase. “São nossos parceiros que estão nos ajudando a superar esse momento de crise”, agradeceu o provedor ao receber a doação da mineradora.

Vaquimar Vaz ressalta que todo esse material está em falta no mercado mundial, com preços superfaturados pela grande procura. “A Vale conseguiu importar um grande volume desses equipamentos e a doação que recebemos chega na hora certa.”

 

 

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor