Unifei abre espaço para a contação de história da Sá Maria

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Os projetos de extensão Terça Literária e Sankofa Capoeira, com apoio da 4ª Arte, todos da Unifei, inauguram nesta terça (19), às 12 horas, no saguão do prédio José Alencar, o projeto Contando História de Sá Maria e Declamações de Poemas. O evento conta, ainda, com participação do multiartista Sérgio Diaz, sob a coordenação de Eva Gonzaga e José Norberto.

Drummonzinhos declamam poemas de Drummond que versam sobre Sá Maria (Fotos: Mauro Moura)

Em paralelo à Contação de História haverá uma mostra da exposição de quadros com poemas alusivos à Sá Maria, ex-babá do menino Carlos Drummond de Andrade. Trata-se de uma instalação preparada pela artista-plástica Eva Gonzaga, que se inspirou nas histórias contadas pela sua mãe sobre Sá Maria.

Para quem ainda não viu a exposição, ela é composta de poemas, imagens e versos, que foram produzidos no estilo artesanal em pano americano, onde os versos bordados ganharam cor e vida nas mãos das bordadeiras que, à época, faziam curso no Museu do Tropeiro, em Ipoema, sob coordenação da artesã Nilda.

Segundo o produtor cultural José Norberto “Bitinho” de Jesus, a exposição da Sá Maria é fruto do trabalho de estudos que ele desenvolveu na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, após ter feito o curso sobre os Caminhos Drummondianos com a historiadora Dadá Lacerda.

Quarto de Sá Maria, com o ferro à brasa de passar roupa

“Ao tomar conhecimento das histórias sobre os poemas que foram escritos pelo poeta e escritor Carlos Drummond de Andrade alusivos à sua babá, percebi durante a minha participação no curso, que esse encontro com a obra poderia ir além do aprendizado adquirido. Estimulado pelo lirismo da história e pela força poética, após várias conversas com a historiadora, ocorreu-me a ideia de reunir os poemas e montar a exposição”, explicou como foi a gênese do projeto.

Devoção e religiosidade comuns a negros e brancos

Em seguida, com a ideia na cabeça, ele se encontrou com Eva Gonzaga, com quem desenvolveu o projeto. “Trocamos de ideias outras vezes sobre a forma diferenciada que deveria ganhar a exposição. Assim deu-se início a obra, explorando a sapiência da Sá Maria, o seu lado matuto e a correlação com os produtos nativos tão comuns à sua épocaa. A montagem ganhou singularidade e a Contação de História reforça o imaginário do público, que tem gostado muito do trabalho desenvolvido”, diz José Norberto, satisfeito com o resultado.

“Nessa época, chega a Itabira a passeio, o fotógrafo Fernando Barbosa, que incrementa a ideia e dá novos impulsos à exposição. Com essa e outras colaborações, foi montada a primeira exposição.” De lá para cá, conta o produtor cultural, mostra artística e cultural tem sido apresentada ao público de Itabira, chegando agora a vez de ser vista no campus universitário da Unifei.

Agenda

A abertura da Contação de História acontece nesta terça-feira, 19 de junho. A mostra de quadros fica exposta durante uma semana na Unifei.

A entrada é gratuita

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário