Tragédia em Santa Maria: fortes chuvas provocam deslizamento de encostas e soterramento de casas

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Como acontece todos os anos com as chuvas fortes, mas desta vez com maior intensidade, a vizinha cidade de Santa Maria de Itabira foi tragicamente castigada na manhã deste domingo (21). E ficou ilhada com deslizamento de encosta na rodovia MGC-120, na proximidade da comunidade do Córrego da Lage.

Campo de futebol no centro de Santa Maria. Situação ainda é de alerta máximo (Fotos: Reprodução)

A situação mais crítica está no bairro do Poção, onde ocorreu soterramento de várias residências, segundo informa o repórter Tales Benício, do site Itabiranet. 

Há notícias de mortes, ainda não confirmadas, com muitos feridos. E muitas famílias estariam ilhadas.

Outros bairros severamente atingidos foram Lambari, assim como o centro da cidade, além de Nova Santa Maria e Cidade Nova, que são cortados pelo rio Jirau.

Moradores vizinhos relatam que a sirene da barragem Santana foi acionada por diversas vezes, mas a estrutura teria suportado a pressão das chuvas com o seu sistema extravasor.

A barragem pode ter alterado o nível de emergência, mas a mineradora ainda não se manifestou.

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Minas Gerais foram acionados, assim como de Itabira. Vítimas estão sento transportadas de helicópteros para atendimento nos hospitais de Itabira.

O destacamento do Corpo de Bombeiros e o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foram também acionados e já prestam socorros na vizinha cidade.

Máquinas do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG) e também da mineradora Vale já estão desobstruindo a passagem para liberar o acesso a Santa Maria

A defesa civil de Itabira está mobilizada e pede contribuição com doações de água, alimentos e material de limpeza. Posto de recolhimento de donativos foi instalado na sede do Corpo de Bombeiros de Itabira, na rua São Paulo, 337, bairro Amazonas.

Vale diz que não houve alteração do nível de segurança da barragem Santana

Após o fechamento desta matéria, a mineradora Vale emitiu nota assegurando  que as suas barragens em Itabira se mantêm dentro dos parâmetros de segurança. Leia nota abaixo:

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Mauro Andrade Moura on

    Como o município de Itabira e a mineradora Vale anunciaram que irão tirar água do ribeirão do Tanque para beberem ao seu bel prazer, era hora do povo de Santa Maria insurgir-se contra essa situação corriqueira e cobrar uma medida em compensação ao uso da água e promoverem o tal deslocamento de pequena extensão do leito do Jirau no encontro dos dois cursos d´água.

    Há saber mais, temos essa reportagem:
    http://www.viladeutopia.com.br/chuvas-fortes-deixam-santa-maria-insegura-mas-a-vale-garante-santana-e-100-segura/

Deixe um comentário