Quinta Cultural retorna em noite de lua cheia e dourada

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Mauro Moura

Pracinha do Pará esteve cheia nesta Quinta Cultural (Fotos: Mauro Moura)

No compassar dos anos, a Quinta Cultural sempre se apresenta como ponto de encontro entre amigos, boa música e descontração.

Aproveitando este momento oportuno, a noite foi muito bem iluminada com a chegada da lua cheia e dourada, ontem à noite na reformulada pracinha do Pará (praça dr. Nelson Lima Guimarães), no retorno do programa.

Luís Bira, Nandy e Genésio, músicos itabiranos

Em vários anos, tivemos muitas edições que vão do público costumeiro a uma multidão. Sempre com a participação do músico itabirano e também de outras localidades e nacionalidades, bem como da conexão com a poesia e agora com a exposição e venda de artesanato.

Carlos “Cabeça” e Nandy Xavier: artistas e amigos

O projeto Quinta Cultural era realizado até então no paredão da Rua Tiradentes. Devido às dificuldades em continuar realizando ali, José Norberto (seu atual promotor) tomou a sábia decisão de não deixar cair esse belo programa cultural. Foi quando buscou novas comunidades que aceitem albergar a Quinta Cultural.

Moradoras do bairro Pará

O evento cultural de ontem foi acolhido pela Associação dos Amigos do Bairro Pará (Amapará) AMAPARÁ –e contou com apoio de instituições públicas e particulares. O que se espera é que a Quinta Cultural não se perca em meio às dificuldades gerais.

A comunidade itabirana agradece.

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário