Projeto Ecofolia, no parque Mata do Limoeiro, abre inscrições neste mês

2
Compartilhe.

Para quem queira fugir do tríduo momesco, que em 2018 vai até 13 de fevereiro (terça-feira gorda), uma boa opção é participar do projeto Ecofolia, que acontece desde 2013 no Parque Estadual Mata do Limoeiro, no distrito de Ipoema, município de Itabira. O projeto desenvolve atividades culturais e pesquisas de campo na área do parque, com palestras, oficinas, dinâmicas de grupos e outras atividades.

Parque Mata do Limoeiro é uma conquista da comunidade ipoemense e é aberto à visitação (Fotos: Carlos Cruz e Divulgação)

As inscrições para participar podem ser feitas no período de 15 de novembro a 15 de dezembro, pelo e-mail parquemata.limoeiro@meioambiente.mg.gov.br. Podem participar turistas, estudantes e moradores vizinhos. O número de vagas é limitado a 50 pessoas por atividades, sendo abertas 25 vagas para estudantes que podem pernoitar nos alojamentos do parque. Para os turistas, existem boas opções de pousadas no distrito.

A programação para o período carnavalesco de 2018 terá o tema Saneamento, principal eixo das atividades. Nas edições anteriores foram abordados com os participantes os diagnósticos sobre os perfis do turista que frequenta o parque, a qualidade de vida nas comunidades vizinhas e as condições socioambientais na região.

Cascata do Limoeiro é um dos atrativos naturais do parque

Desde a sua primeira edição, em 2013, o Ecofolia contou com participação de 140 estudantes de cinco estados e de 13 instituições de ensino superior, destacando-se a Unifei, Funcesi, UFOP, UFV, PUC Minas, Pitágoras, UFMG, Estácio de Sá, UNB, USP e UFVJM.

Conta com apoio da Prefeitura de Itabira, Funcesi, Unifei, Pitágoras, Itaurb, Ministério Público, Comitê de Bacias Hidrográficas Santo Antônio e  das empresas Vale e Negrito.

Reconhecimento

O projeto Ecofolia foi selecionado como uma das dez iniciativas aplicadas em parques de todo o país para ser apresentado no I Fórum Internacional de parcerias na Gestão de Unidades de Conservação, que acontece em Brasília (DF) entre 27 e 29 deste mês. 

Em 2014, o projeto foi finalista concorrendo ao Prêmio Hugo Werneck, uma homenagem ao professor e ambientalista, falecido em 2008 e que foi um dos percursores da consciência ambiental em Minas Gerais e na América Latina.

E no ano passado, foi vencedor desse mesmo prêmio, como melhor iniciativa em Educação Ambiental.

Para o gerente do parque, Alex Amaral, o projeto é um momento de reflexão sobre essa importante pauta ambiental que é o saneamento – e é também uma oportunidade para os participantes conhecerem a política conservacionista, assim como as belezas naturais de Ipoema e região vizinha. “O Ecofolia é um dos nossos primeiros projetos. Executá-lo é motivo de orgulho e uma oportunidade de firmar novas parcerias.”

Além de ser um momento de reflexão e contribuição para a formação de uma consciência crítica sobre a realidade dessa importante região rural, o Ecofolia debate e propõe políticas públicas que atendam às demandas locais. “Estamos felizes com a possibilidade de divulgar para outros parques o sucesso do Ecofolia”, diz o gerente, entusiasmado com a seleção para participar do fórum internacional em Brasília.

O Parque Estadual Mata do Limoeiro é uma unidade de conservação administrada pelo Instituto Estadual de Florestas, autarquia do Governo Estadual. Para saber mais, acesse aqui.

 

 

Sobre o Autor

2 Comentários

Deixe um comentário