Primeiro levaram os negros

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Bertolt Brecht (1898-1956)

Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.

A foto em destaque é de uma blitz policial na estrada Grajaú-Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A imagem dos negros acorrentados pelo pescoço remete diretamente aos tempos da escravidão, “abolida” em 1888. Foi publicada originalmente pelo Jornal do Brasil e rendeu ao autor o seu primeiro prêmio Esso em fotojornalismo, em 1983 (Foto: Luiz Morier/JB)

Compartilhe.

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Lembra bem as flores roubadas do jardim. ninguém se importa.
    O Coronavirus não é diferente. Querem a retomada do Comércio, quando já se fazem previsão de 250 mortes a partir de maio.
    Para completar, pedem a intervenção militar no Congresso, pelas mesmas pessoas que exigem a retomada da normalidade com seus carrões milionários.
    O povo, silenciosamente, a tudo ver e nada faz, se acham classe média.
    José Norberto

Deixe um comentário