Pitacos da rodada esportiva

0
Compartilhe.

Luiz Linhares*

Cruzeiro se prepara para grandes decisões com mudanças táticas

A semana para mim termina no domingo. Assim sendo tivemos uma boa semana com certeza. No meio dela, o Mineirão ficou pequeno para receber o torcedor cruzeirense que mais uma vez lutou com o time para superar o forte Palmeiras e escrever na história mais uma final do Cruzeiro na Copa do Brasil. Como tem-se tornado de costume, não foi fácil. O Mineirão tem marcado a escalada das fases sem dar vitória ao time – o sucesso até então foi conquistado fora de casa.

Neste embate das “Palestras” no meio da semana, foi notório o equilíbrio de forças, como tem ocorrido em partidas decisivas. Aplicação tática é o que não se pode nunca reclamar do Cruzeiro. Ao estilo de seu treinador Mano Menezes, vencer por um ou mesmo empatar por força de regulamento é goleada. Aflição e ansiedade em noventa minutos são as receitas disso para o torcedor. Ainda bem que a felicidade tem morado ao lado.

Agora a história é outra. Num sorteio meio “mandrake” na CBF, a final contra o outro forte oponente paulista Corinthians se dará com primeiro jogo em Belo Horizonte – e o segundo final em São Paulo na arena corinthiana.

Se basearmos no que foi visto até então o caneco de mais uma conquista cruzeirense está bem encaminhado. Deixando de lado a paixão, que não me cabe aqui, atesto que o Cruzeiro tem um melhor time, um grupo mais compacto. E que taticamente muda sua forma de ação e assim se torna mais agressivo. No 10, jogando em casa, é jogar para fazer uma boa vantagem com a força de sua torcida. E assim sendo, mostrar toda a malicia, esperteza e competência para o duelo final em solo paulista.

Mas antes de tudo isso tem o Boca nesta semana, com a vantagem adversária a ser desfeita. Missão difícil é verdade, mas nada impossível. Agora já podendo contar com Dedé, que teve seu cartão anulado, o que representa um ganho importante, uma segurança maior no que se refere a não tomar gol. Daí em diante, com um ataque que tem sido modesto, algo a mais será preciso. Essa vai ser uma quinta-feira e tanto, com certeza.

Atlético vence e revive no torcedor o sonho pelo almejado título                                  

Depois de empatar com gol de Elias, Atlético goleia o Sport no Independência. (Fotos: Bruno Cantini e Demian Alday/Getty Imagines, no destaque)

Já o Atlético venceu o fraco time do Sport do Recife no Independência de mão cheia, o que fez o torcedor mais uma vez se entusiasmar com vistas uma boa sequência de vitórias. Com a sexta colocação mantida, fica a quatro pontos do quinto e a oito do primeiro colocado no Brasileiro.

Na sequência, o Galo pega a Chapecoense e o Fluminense fora de casa, além do América em casa. São jogos que podem dar essa guinada e reavivar o sonho do título. No futebol brasileiro não se tem nada que não possa acontecer.

Nessa partida contra o time pernambucano o lateral Emerson, o volante Elias e Casares sobressaram em uma tarde bem criativa e eficiente. Tudo isso nos moldes que o torcedor gosta.

De goleada o Valério vence mais uma e já se prepara para o mata-mata

O Valério foi a Sete Lagoas e alcançou antecipadamente a classificação para a fase decisiva do Campeonato Mineiro da Terceira Divisão. Ganhou com facilidade de um adversário desmotivado por já se encontrar fora da parada.

O lado positivo foi a intensidade praticada pelo Dragão. Fez vantagem de dois gols no primeiro tempo e continuou em cima na etapa complementar. Fez cinco gol – e pelo desgaste e também pela chuva que chegou se satisfez.

Restam duas rodadas e praticamente tem a segunda colocação garantida. Agora é esperar pelo adversário no mata-mata sabendo que fará o primeiro jogo fora, decidindo o acesso ao módulo II dentro de casa.

Queria saber o que é melhor no que se refere ao dentro de casa. Continuar em São Gonçalo do Rio Abaixo pela boa qualidade do gramado ou lutar para ainda que na decisão ter o Israel Pinheiro com a presença que se espera grandiosa do seu torcedor.

*Luiz Linhares é diretor de Esportes da rádio Itabira-AM

 

Sobre o Autor

Deixe um comentário