Pela melhoria do ensino fundamental, Itabira avalia a qualidade da aprendizagem nas escolas municipais

1
Compartilhe.

Obrigação constitucional dos municípios, o ensino básico precisa ser melhorado para que a educação no país avance para um patamar de excelência, o que ainda está longe de ocorrer.

A má qualidade das séries iniciais compromete toda progressão do estudante, refletindo nos ensinos médio e superior, que também perdem substância, deixando de formar bons profissionais.

Com o objetivo de diagnosticar as práticas de aprendizagem nas diferentes áreas do conhecimento, será realizado, nesta segunda-feira (1) e na terça-feira (2), o 11º Sistema de Avaliação do Ensino Municipal de Itabira (Saemi).

Por meio de provas objetivas, os exames irão avaliar o desenvolvimento dos estudantes nas disciplinas de português, redação, matemática, conhecimentos gerais (história, geografia e ciências). Participarão do Saemi 2.399 estudantes do ensino fundamental de 22 escolas da rede municipal.

Especiais

Serão aplicados exames também para alunos com necessidades especiais. Para isso, a Prefeitura investiu em treinamento – e em novas ferramentas de avaliação, adaptadas às condições desses estudantes, Serão aplicadas provas em braile, assim como serão feitas adequações que atendam outras demandas.

.Após concluir o processo de avaliação, a Secretaria Municipal de Educação (SME), com base nos dados coletados, irá estabelecer estratégias e planejar as ações necessárias para a melhoria da qualidade do ensino  nas escolas municipais.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Esse site também tá replicando as notícias do site da PMI, sem ao menos uma análise crítica da realidade?
    Não que eu seja contra o SAEMI, mas ler a mesma notícia em “n” sites é um porre.

Deixe um comentário