Pafuncho, um Caipira na Terra de Drummond tem estreia nesta sexta-feira no Centro Cultural

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Diretor e ator protagonista do filme Pafuncho, um Caipira na Terra de Drummond, Raimundo Gonçalves da Silva está todo contente com a finalização de seu longa-metragem, que conta uma história familiar, como tantas outras, do filho que busca reencontrar o pai que há anos abandonou a família.

Com as locações no sertão mineiro de Itabira do Mato Dentro, Silva busca as suas raízes, assim como fez, guardadas as proporções, o grande cineasta Humberto Mauro (1897/1983), mineiro de Volta Grande, zona da Mata, mas que fez sucesso rodando os seus filmes em Cataguases.

Autor de clássicos do cinema brasileiro, rodados em terras mineiras, Humberto Mauro dirigiu curtas como Carro de Bois, Chuá-chua – Casinha Pequenina, além de longas como Brasa Dormida, Sangue Mineiro, Lábios sem Beijos, Ganga Zumba, quase todos exibidos no final da década de 1970, em Itabira, pelo Cineclube Lima Barreto, que fez a cabeça e formou muitos cinéfilos na terra de Drummond.

Aliás, Victor Lima Barreto (1906/1982) foi outro grande cineasta que trilhou essa mesma busca das raízes históricas e geográficas brasileiras. Nascido em Casa Branca, interior de São Paulo, dirigiu filmes como Caçador de Bromélias, Fazenda Velha, Arte Cabocla e o épico O Cangaceiro, de 1953, vencedor de dois prêmios no Festival de Cannes daquele ano, como melhor filme de aventura e melhor trilha musical.

O longa-metragem de Raimundo Gonçalves lembra também, com a atuação de seu diretor, o ator e diretor Amácio Mazzaropi (1912/81), que dirigiu 32 filmes vivendo o eterno Jeca, como em Tristeza do Jeca, Maria Tomba Homem, o Vendedor de Linguiças e o clássico O Caipira em Bariloche.

Segundo sinopse divulgada pela FCCDA, o filme do diretor Raimundo Gonçalves narra a história de Pafuncho, o herói que sai da casa de sua mãe para reencontrar o pai, que se encontra perdido pelo mundão de Deus.

Na procura ele descobre o mundo, circunstanciado em terras matodentrenses, nessa porção da cordilheira do Espinhaço, com locações na Serra dos Alves e arredores, com suas belas fazendas e paisagens. Atores e profissionais da produção são todos itabiranos

“Nessa aventura, ele (Pafuncho), que é também um apaixonado pela obra de Carlos Drummond de Andrade, consegue juntar o útil ao agradável, se deliciando com os prazeres que a literatura e as histórias drummondianas o proporcionam, enquanto vai tentando resolver as enrascadas em que ele se mete.”

Vale conferir, com lançamento nesta sexta-feira (20), no teatro da teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCDDA), às 19h.

Assista o trailer do filme aqui  https://www.youtube.com/watch?v=24pKKN5QxYo

Mecenas

O filme do novíssimo cineasta itabirano conta com patrocínio da empresa Fermag Ferritas Magnéticas, que investiu R$ 55 mil na produção cinematográfica, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

No sábado (21), às 11h, o filme será exibido no auditório da Prefeitura de João Monlevade,  à noite será a vez dos moradores de Serra dos Alves verem a sua terra na tela de cinema, com exibição no Centro de Atendimento ao Turista, recém-construído no povoado do distrito de Senhora do Carmo.

No domingo (22), às 18h, no Centro Cultural de Santa Maria de Itabira, será encerrada a temporada de estreia do filme  Pafuncho, um Caipira na Terra de Drummond.

Equipe técnica:

  • Direção Geral: Raimundo Gonçalves da Silva;
  • Direção Artística: Antônio da Silva Pereira;
  • Roteiro e Codireção: João Carlos de Souza Gonçalves;
  • Maquiagem e Produção Geral: Maria de Lourdes Soares Moreira;
  • Direção Musical: Marcelo Soares Moreira;
  • Coordenação Administrativa, Financeira e Produção: Ana Paula Ribeiro Frias;
  • Captação e Edição de Imagem: André Fillipe dos Santos, Jackson Faustino de Paula e Adinaldo Costa Daniel.
Elenco:
  • Pafuncho: Raimundo Gonçalves da Silva;
  • Florisbela: Milena Stefany Lage Almeida;
  • Rincão: João Almeida Ribeiro;
  • Tadeu: José Roberto Botelho Moreira;
  • Mãe do Pafuncho: Rita dos Santos Freitas;
  • Chico da Venda: José Aparecido Batista;
  • Consuelo: Maria de Lourdes Soares Moreira;
  • Papú: Igor Gomes Prudêncio;
  • Leôncio: Antônio das Neves Domingos;
  • Cipriano: Alberto Cipriano Fernandes;
  • Vaqueiro Zé: Alexander Augusto Ribeiro;
  • Vaqueiro Dezinho: José Apolônio Duarte;
  • Empregada da Casa Grande: Cacilda dos Santos Souza;
  • Empregado da Fazenda: Bruno Romualdo da Silva;
  • Angélica Magalhães Novais;
  • André Fillipe dos Santos;
  • Jackson Faustino de Paula;
  • Atores convidados: Geraldo Celso Dias Moreira e Jessé Abmael Vieira Moreira.

Crianças do elenco:

  • Alana Andrade Bastos Nunes;
  • Catarina Samara Barbosa da Silva;
  • Elis Lopes Monte-mor;
  • Ester Lopes Monte-mor;
  • Heloise Giovana Barbosa da Silva.
  • Matheus de Frias Barbosa;
  • Mikaella Cristina Corrêa Procópio;
  • Nina Ferreira Silva de Faria;
  • Rafael Augusto da Silva;
  • Samuel de Frias Barbosa;
  • Yasmin Victória Corrêa Pereira;

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário