Marcapasso

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Marina Procópio de Oliveira*

 (pro meu pai)

 

Seu coração é do tempo de longínquas guerras.

Os homens eram inocentes

e ainda usavam chapéus.

 

Nas ruas corriam bondes,

não havia avenidas

e o mar era só paisagem.

 

Suas histórias e crenças

(de tudo o que já não há)

(naquilo que já se foi)

engendraram substância indelével

nas linhas de minha vida.

Na minha mão está o seu registro.

Estamos presos ao tempo

e somos únicos um para o outro.

A lenta batida de seu peito

marca passo acelerado em meu coração.

 

*Marina Procópio de Oliveira é itabirana, mora em Belo Horizonte
– Foto extraída do blogue Bondes do Recife, de Francisco Miranda
Compartilhe.

Sobre o Autor

2 Comentários

Deixe um comentário