Incêndio destrói a pousada Villa Ventura, no povoado de Cabeça de Boi, em Itambé do Mato Dentro

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Um incêndio de grande proporção, e que teria tido início na lareira, destruiu quase completamente a Pousada Villa Ventura, no povoado de Santana do Rio Preto (Cabeça de Boi), município de Itambé do Mato Dentro.

O fogo consumiu parte da fachada, o térreo e o andar superior da pousada (Fotos:Divulgação/Reprodução)

De acordo com a cabo Cristina, da guarnição do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, destacamento de Itabira, o incêndio teve início por volta de 20h, assim que uma funcionária da pousada acendeu a lareira.

O destacamento do Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 22h. Ao chegar ao local, que fica a 50 quilômetros de Itabira, o incêndio já havia sido controlado pelos moradores do povoado.

Eles utilizaram um caminhão-pipa, impedindo que o fogo atingisse as residências vizinhas.

“Ao que parece, passaram mata-cupim na pousada, que é material inflamável. E havia outros materiais de fácil combustão como esteiras e madeirame”, avalia a oficial do Corpo de Bombeiros, que esteve no local. “Só retornamos a Itabira por volta de 4h, passamos a noite toda por lá.”

Rescaldo

Parte da fachada, o primeiro e o segundo andar da pousada foram destruídos

Segundo ela, ao chegar ao local do sinistro, a guarnição do Corpo de Bombeiros só teve de fazer o rescaldo.

Consiste no combate aos focos ainda existentes, assim como a verificação dos danos e de possíveis ameaças.

“Aparentemente o fogo não atingiu a parte de baixo da pousada, onde estão os apartamentos.”

Mas essa avaliação, diz a oficial do Corpo de Bombeiros, terá de ser feita pela Defesa Civil do município, ou por uma consultoria técnica contratada pelo proprietário.

O proprietário da pousada é o médico Paulo Henrique Pessoa. Procurado, ele não foi encontrado até o fechamento desta reportagem. “Só com avaliação técnica será possível saber se houve ou não o comprometimento das estruturas para uma possível reabertura da pousada.”

Fachada da pousada antes do incêndio: perda incomparável

Perdas

Mas de acordo com avaliação preliminar do Corpo de Bombeiros, o primeiro e o segundo andar , assim como parte da fachada da pousada foram destruídos.

O incêndio consumiu também a sala de jogos, o refeitório com fogão a lenha, a suíte principal, que fica na parte mais alta da pousada.

O piso em madeira também foi totalmente destruído.

Não havia hóspedes na pousada, apenas a gerente e familiares. Ninguém ficou ferido, assim como o incêndio não atingiu propriedades vizinhas.

“Uma grande parede em alvenaria, que cobre os dois andares da pousada, ameaça ruir. Por isso, o local foi interditado”, informa a oficial do Corpo de Bombeiros de Itabira.

 

 

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

3 Comentários

Deixe um comentário