Fundação Cultural recusa patrocínio da Vale de R$ 10 mil para a Semana Drummondiana

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Mesmo tendo obtido um lucro líquido no terceiro trimestre deste ano de R$ 5,7 bilhões, uma alta de 1.780% em relação ao resultado obtido nos três meses anteriores de R$ 306 milhões, a mineradora Vale ofereceu apenas R$ 10 mil de patrocínio à 17ª Semana Drummondiana e ao 2º Festival Drummond.

Os dois eventos ocorrem simultaneamente e tiveram início nessa quarta-feira (24). E se estendem até 31 de outubro, quando Itabira celebra os 116 anos do nascimento de seu filho mais ilustre e os 90 anos da publicação do controvertido poema no Meio do Caminho.

Martha Mousinho, superintendente da FCCDA (Fotos: Divulgação)

“A proposta de patrocínio da Vale foi muito miúda, incompatível com o tamanho da empresa e com a importância desses eventos”, considera a superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), Martha Mousinho.

O patrocínio foi considerado irrisório mesmo tendo sido oferecido pela empresa a decoração de uma estrutura montada em frente ao centro cultural, com os trabalhos das artesãs da Associação Flores do Carmo – um projeto que a mineradora patrocina no distrito de Senhora do Carmo.

O valor do patrocínio proposto pela mineradora foi muito aquém da expectativa. “Não achamos o valor justo, considerando que a Vale iria expor a sua marca associada ao poeta sem oferecer uma contrapartida compatível com os dois eventos.”

No ano passado, a empresa investiu R$ 80 mil na Semana Drummondiana, além de fornecer o gerador de energia para os shows e demais atividades que ocorreram no Memorial Drummond e na concha acústica José Norberto Martins.

Para a Semana Drummondiana deste ano, o investimento da Prefeitura é de R$ 200 mil, alocado do Fundo Municipal Desenvolvimento Econômico e Social (Fundesi). A justificativa é por se tratar de um evento que promove o turismo cultural na cidade.

Outro lado

Procurada pela reportagem, a Vale respondeu por meio de sua assessoria de imprensa que tem  participado em edições passadas da Semana Drummondiana, confirmando ter proposto o patrocínio no valor que fora recusado pela FCCDA para o evento deste ano.

“A Vale propôs retomar sua participação na Semana Drummondiana, com o patrocínio no valor de R$ 10 mil. No entanto, na semana passada a Fundação Cultural, realizadora do projeto, solicitou o cancelamento do contrato de patrocínio.”

Em uma resposta padrão, salientou que busca a melhoria contínua de seus programas e ações de sustentabilidade, assim como o aprimoramento institucional com as comunidades das áreas onde mantém operação. “A Vale reitera seu apoio a projetos na área cultural e técnico-institucional em Itabira e está aberta a receber e discutir novas propostas”, sugere, abrindo as portas para futuros novos patrocínios.

Confira alguns destaques da programação cultural

No primeiro dia da Semana Drummondiana, o escritor Wir Caetano, de João Monlevade, fez o lançamento de seu livro Essa Substância Chamada Infinito, que conta com edição bilíngue (português e espanhol).

Carlos Bracher lança o livro Canto Mineral e expõe no Centro Cultural

Nesta quinta-feira (25), pela manhã, ocorreu a abertura oficial, com o projeto Poesia e Ciência, desenvolvido pelos alunos do campus local da Universidade Federal de Itajubá (Unifei).

Na parte da tarde, às 14h, no centro cultural, ocorreu a abertura da Galeria Literária, com apresentação do coral da escola municipal Nico Andrade. Nesse mesmo espaço haverá exposição durante todo evento, com comercialização de livros, mostras culturais, barracas gastronômicas e bancas de artesanato.

Já ao anoitecer, às 18h, haverá intervenção poética com o grupo Drummonzinhos. Na sequência terá inicio a Exposição Internacional de Arte Postal No Meio do Caminho, com mostras de postais sobre o poema drummondiano. Participam da mostra artistas da Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América (EUA), Estônia, Finlândia, Itália, Japão, Noruega, Porto Rico, Portugal e Uruguai.

Wir Caetano no Memorial Drummond

A programação desta quinta-feira inclui ainda um bate-papo sobre o poema No Meio do Caminho, dentro do contexto do modernismo, movimento artístico cultural do qual o poeta itabirano teve participação destacada.

Haverá também o lançamento do livro Canto Mineral, com poemas de Drummond ilustrado pelo artista plástico Carlos Bracher, que também irá expor alguns de seus quadros na Galeria Literária.

Para encerrar a programação desta quinta-feira, o músico belo-horizontino Clíver Honorato se apresenta no teatro do centro cultural, às 20h30, com entrada franca.

Sexta-feira

Na programação de sexta-feira, na Galeria Literária oferece narração de histórias com funcionários da Biblioteca Pública Municipal Luiz Camillo de Oliveira Netto. Inclui a participação das arte-educadoras Josiane Rodrigues e Edilene Magalhães, com intervenção poética do grupo Drummonzinhos, às 15h.

O cantor Cliver Honorato

E à noite, às 18h30, o juiz e professor Fernando Armando Ribeiro discorrerá sobre o tema Faces e Chaves do Mundo em Carlos Drummond de Andrade. E às 20h, no mesmo teatro do centro cultural, a Companhia Espaço Mágico apresenta o espetáculo Havemos de Amanhecer, com texto de João Lorenzo, inspirado na obra do poeta itabirano. Os ingressos para o espetáculo devem ser retirados pelo site Sympla.

Na programação desta sexta-feira uma das atrações é o show de Cláudio Venturini e Telo Borges, às 21h30. O espetáculo acontece em palco montado na Avenida Daniel Jardim de Grisolia, com repertório recheado com clássicos da nossa sempre eterna MPB e da trupe do Clube de Esquina

Genin Guerra com o escritor José Miguel Wisnik: Maquinação do Mundo

As celebrações do nascimento de Carlos Drummond de Andrade e os 90 anos do lançamento do poema No meio do caminho prosseguem até quarta-feira (31). Outro destaque da programação é o show com os Demônios da Garoa, entre outras atrações.

A programação inclui o lançamento em Itabira do livro Maquinação do Mundo – Drummond e a Mineração, com o autor, escritor, jornalista e pianista José Miguel Wisnik (leia mais aqui e aqui).

Outros convidados especiais são o músico e compositor Chico Amaral, o escritor Edmilson Caminha, o poeta Antônio Cícero, os atores Ricardo Pereira, Arlete de Falco e Priscila Fantin que apresentarão a peça Precisamos Falar de Amor sem Falar Eu Te Amo.

Serviço

17ª Semana Drummondiana e 2º Festival Drummond

Data: 24 a 31 de outubro

Local: Itabira, Minas Gerais

Programação gratuita

Confira a programação completa no www.itabira.mg.gov.br ou www.fccda.com.br

 

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

Deixe um comentário