Filme de Sylvio Back sobre Graciliano Ramos será exibido no Memorial Drummond

0
Compartilhe.

Nesta quinta-feira (16), às 19h30, no Memorial Carlos Drummond de Andrade, no Pico do Amor, será exibido o documentário O Universo Graciliano, do diretor Sylvio Back.

O documentário traz para a tela do cinema, pela primeira vez, fatos e relatos pouco conhecidos sobre o escritor alagoano Graciliano Ramos de Oliveira (1892-553), autor de Angústia, Infância, Memórias do Cárcere, São Bernardo, do clássico Vidas Secas.

A exibição do documentário é parte da programação da 17ª Semana de Museus, uma promoção do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), iniciada no dia 13 e que se estende até domingo (19). A abertura foi com a reinauguração da escultura de Zumbi, que teve a sua mão esquerda restaurada (leia aqui).

Neste ano, em celebração do Dia Internacional de Museus, no dia 18, a semana tem como tema Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições. O Museu de Itabira participa da programação juntamente com outras 1.114 instituições de cultura do país.

Com atividades gratuitas, em Itabira já estão ocorrendo várias ações educativas no museu com museu, exposição, palestra e roda cultural, com participação de grupos tradicionais da cultura itabirana: Drummonzinhos, Estaladores de Chicote, Lavadeiras e Trem de Minas. Está tendo também uma mostra do artesanato local.

Na sequência dessa mostra cultural e museóloga, haverá a reabertura da Casa de Drummond, após passar por reforma. Será na terça-feira (21), às 19h, com a exposição Na Casa do Pai – vida e obra de Maria Julieta Drummond de Andrade, filha do poeta itabirano.

A Casa de Drummond fica na praça do Centenário, centro, em frente ao Museu de Itabira.

O documentário

O cineasta catarinense Sylvio Back é um dos mais premiados diretores de cinema do Brasil – e é membro da Academia Brasileira de Letras. Produziu e dirigiu mais de 30 filmes, entre curtas, médias e longas metragens.

No documentário, Back transporta a vida e a obra do alagoano Graciliano Ramos para a tela com esmero e riqueza de detalhes sobre a sua vida. De personalidade forte, resistente e polêmico, Ramos é considerado um dos maiores escritores brasileiros.

O documentário apresenta depoimentos de pessoas e amigos próximos ao escritor, como a filha Luiza Amado, o arquiteto Oscar Niemeyer, o poeta Lêdo Ivo. Mescla a sua história com o legado literário e político, dentro do contexto político de sua vida e obra.

O Memorial CDA dispõe de algumas de suas obras para empréstimo. E oferece, após a exibição do documentário, um bate-papo sobre o filme e as tradições culturais, com a historiadora Ana Alvarenga de Souza e o antropólogo José Nildo Bezerra.

 

 

 

Sobre o Autor

Deixe um comentário