Expectativa da FCCDA é lançar edital da Lei Drummond ainda neste ano

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Mauro Andrade Moura

A Lei Drummond de incentivo à cultura, criada há mais de uma década, após três anos sem atividade, terá o seu edital lançado ainda neste ano, que já está batendo às portas de maio.

No passado, com editais anuais, houve um ano com dois editais, a Lei Drummond mantinha sua fluência de apoio às propostas dos militantes da cultura itabirana.

Foram diversos livros de variados estilos (poemas, contos, história, fotografias) editados, CDs de músicas lançados anualmente, festival de teatro. Tudo isso dentre outras atividades em total apoio à diversidade da criação artística do itabirano.

Encontro de Marujadas no Centro Cultural, em 2015, Hoje, esse mesmo palco tem sido ocupado com espetáculos de gosto duvidoso, para dizer o mínimo (Fotos: Mauro Moura)

No governo anterior só foi lançado um edital. Isso porque, com a criação do Conselho Municipal de Política Cultural, a Lei Drummond foi desarticulada com o lançamento do incipiente fundo municipal de cultura com o valor mínimo.

Os conselheiros municipais de cultura não conseguiram demover forças suficientes para a manutenção dessa importante lei de incentivo às artes e à economia criativa no município. Com isso, a divulgação do edital foi relegada às Calendas Gregas. Esperamos que esse esquecimento torne coisa do passado, com o lançamento, enfim, do edital ainda neste ano.

É o que esperamos vislumbrar com o lançamento do edital da Lei Drummond para o tão necessário incentivo à produção e manutenção cultural em nossa cidade. Pelo menos é o que se despreende de uma boa leitura no portal de internet da nossa Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA):

“Aberta aos interesses da comunidade, a Fundação mantém sempre aberto um canal para que artistas itabiranos possam destacar seus trabalhos em nossos espaços. Anualmente são abertos os editais para a Lei Drummond (Lei Municipal de Incentivo à Cultura, grifo nosso), exposições artísticas na Galeria e Foyer, além de eventos que contemplem espaços como a Casa de Drummond e a Fazenda do Pontal.” 

Sede da Associação dos Marujos, em Itabira. Pela volta da Lei Drummond

Aguardamos, pois, com grande interesse o lançamento do edital da Lei Drummond deste ano. E esperamos que supere todo o atraso provocado pelos anos sem o lançamento. Isso para que se possa ser retomada a produção cultural neste ano de 2018.

Afinal, convenhamos a carestia cultural itabirana é grande. Quem sabe podemos superar a fase atualmente vigente em que observamos, para tristeza geral, o calendário cultural na terra de Drummond ser invadido por atrações de “artistas” dos programas tipo Ratinho e Sílvio Santos. Infelizmente é esse o nível da programação apresentada ultimamente no nosso teatro da FCCDA.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com o setor de Comunicação de nossa decantada FCCDA pelo endereço eletrônico (e-mail):

comunicacao@fccda.com.br

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário