Esgoto a céu aberto ainda corre em Itabira

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Mauro Andrade Moura

Deve ser devido ao arrocho fiscal por que passa Itabira, com a queda de arrecadação dos cofres públicos municipais, que a Prefeitura Municipal não está conseguindo manter os serviços básicos e necessários ao cuidado com a saúde do cidadão Itabirano.

Esgoto correndo a céu aberto na região dos Bálsamos (Fotos: Mauro Moura)

Como exemplo podemos apresentar o caudaloso vazamento de esgoto residencial do Bairro dos Bálsamos. O esgoto a céu aberto verte pela encosta até encontrar o córrego que segue da Vila da Conceição, contaminando plenamente aquele curso natural d´água.

Lixo e entulho estão por toda parte

Outra estranheza é também a total falta de fiscalização, tanto de postura quanto do meio ambiente. Isso porque, além do esgoto escorrendo a céu aberto, podemos presenciar a queda de eucaliptos no leito da estradinha que liga os bairros do Bálsamos à Vila da Conceição, aumentando sobremaneira o percurso entre os dois bairros.

Observe-se ainda que ali vem servindo de desova de lixo de toda espécie, o que demonstra falta de consciência de alguns moradores. Mas a falta de dinheiro nos cofres da Prefeitura também pode ser uma das causas, pois o que se constata é que a Itaurb não vem fazendo a recolha normal de lixo do bairro dos Bálsamos.

Com a palavra a administração pública municipal, o Saae e a Itaurb.

 

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. A falta de consciência pública e respeito ambiental, no Brasil, são situações endêmicas.
    Falta educação no povo, falta vergonha e responsabilidade nos nossos governantes.

Deixe um comentário