Deu ruim pro verão carioca

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Por Cristina Silveira, do Rio

Do bloco Bessa me Mucho dos Argentinos Na Praça Paris No Começo Da Noite (Fotos: Cristina Silveira)

“Deu ruim pro Golpe” (Tijolaço) e é culpa do Lula,que teima incomodar os donos do poder, os que contralam o STF “com tudo dentro”. Incomoda porque não tem 1% das intenções dos votos da nação.

O Trompete Na Praça Paris No Começo Da Noite

Porque, Luis Inácio, o Luizinho, é o mais votado pra presidente na história da humanidade, sem contar os votos do segundo turno, heim! Veja o ranking:Lula (grandeza do Brasil) – 136.377.607; Obama – 135.374.154; Putin – 134.784.385; Roosevelt – 103.500.786; Sukarnoputri – 94.997.264; Clinton 92.310.991.

Os Flautistas Na Praça Paris No Começo Da Noite

# Eleição sem Lula é Fraude, porque nós, das Massas, ou seja a MAIORIA necessitamos de um líder que nos abra os caminhos para a Vida Boa – com Marx ou com Deus e o Diabo na Terra do Sol. Aliás, é preciso informar que o bem mais precioso do Brasil é o Sol, que nutre a terra o ar o ferro o rio o mar.

Eles,da mordacidade, querem o nosso Astro e estão levando tudo de mãos beijada. O Pré-Sal que é a maior e melhor jázida de pretoleo no mundo, neste momento, não mais nos pertence, agora é da Inglaterra França eua-cia e, o presidente Golpista Temeroso ainda lhes isentou de impostos. Relincha, Coxinhas!!!!

As Pernas de Pau Na Praça Paris No Começo Da Noite

Deu ruim pro verão carioca neste janeiro do tenebroso 2018. Não tivemos sol a pino, calor ardente foguento, nesta semana até esfriou e a terra foi regada com as lindas chuvas de veranico, que traz saudade da roça.

Nas ruas da cidade poucos turistas e maioria são os Los Hermanos – pessoas morenas como você. É verão! O carnaval está pronto pra ocupar o sambodromo e superlotar as ruas com os Blocos do Sujo. E todas e todos se misturam pra continuar a vida cotidiana antes da folia; “Viver é não saber que se vive”; então está certo, eu não vivo, sofrivo neste Estado de exceção.

O Trompete na Praça Paris no Começo da Noite

O começo da noite ainda com sol, mostra o céu azul estampando formas gordas de nuvens brancas. Beleza pura! A Praça Paris (1926) era o ponto certo para o alheamento, o distanciamento do trabalho, das conjunturas nervosas e preocupantes a que estamos submerssos com o fim da sexta república.

Mudando para a Rua Paris no Começo da Noite

Estes momentos são breves, urgência é o rolo compressor do Golpe, é a delirante folia, por isso fotografei este começo de noite suave e reconfortante de verão que deu ruim.Afinal…

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário