Com a eleição de Marília Campos prefeita de Contagem, Bernardo Mucida assume a sua cadeira como deputado estadual

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Assim como antecipou, ainda em novembro de 2019, em entrevista a este site Vila de Utopia, o ex-vereador, ex-candidato a prefeito de Itabira e primeiro suplente de deputado em sua coligação, Bernardo Mucida (PSB) assume, em 1º de janeiro, a cadeira de Marília Campos (PT) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

A deputada petista foi eleita prefeita de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, neste domingo (29), com 147.279 votos (51,35%). Ela bateu o seu oponente no segundo turno, o advogado Felipe Maurício Saliba de Souza (DEM), que obteve 139.739 votos (48,65%). Com o resultado, abre-se a vaga para o novo deputado itabirano e da região.

Como primeiro suplente da coligação proporcional (PT, PR, hoje PL e PSB) que elegeu Marília Campos, em 2018, entre 13 deputados estaduais, Mucida já assessorava a bancada situacionista na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que apoia o governador Romeu Zema (Novo).

Se assim ele permanecer agora como deputado, a bancada oposicionista perde um parlamentar com a saída de Marília Campos. Mas Itabira e região, enfim voltam a contar com um representante no parlamento mineiro.

Marília Campos, prefeita eleita de Contagem. Vitória da petista abre vaga para Bernardo Mucida assumir a sua cadeira na Assembleia Legislativa mineira (Foto: Ramon Bitencourt). No destaque, o novo deputado por Itabira e região (Foto:: Divulgação/Rede Social)

Vocação parlamentar

Na entrevista a este site, no ano passado, Bernardo Mucida antecipou a intenção de não se candidatar a prefeito de Itabira. Foi quando lançou, pela primeira vez o nome de Marco Antônio Lage (PSB) para prefeito, outra projeção política que deu certo. Leia a entrevista aqui. 

Mucida revelou também ter mais aptidão para a atividade parlamentar. “A minha preferência seria assumir como deputado, o que já disse para várias pessoas, pois gosto da atuação parlamentar e tenho chance de ser efetivado, caso, por exemplo, a deputada Marília Campos (PT) venha se eleger prefeita de Contagem”, disse ele.

Foi assim que o cientista político antecipou, com base em sua condição de primeiro suplente e na força política e eleitoral de Marília Campos, que seria o novo parlamentar mineiro a assumir em 1º de janeiro de 2021.

“A chance de Itabira e a região, que tem cerca de 600 mil habitantes, ter um representante na Assembleia Legislativa nos próximos anos é comigo, ainda que seja só para 2021/22”, vaticinou o novo deputado estadual, confirmado agora nas urnas da antiga Contagem das Abóboras.

Bernardo Mucida é eleito deputado estadual com os votos de Itabira e da região – e também com os votos do eleitorado petista que elegeu Marília Campos prefeita.

Procurado pela reportagem, Mucida não retornou à ligação até o fechamento desta reportagem.

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Edirson de Assis Ferreira on

    Em um ano de pandemia em nosso país a cidade de Itabira ganha um grande presente. Com a vitória de Marília Campos do PT na cidade de Contagem, Bernardo Mucída, assumirá a Câmara Estadual de Minas Gerais.

Deixe um comentário