Casos suspeitos do Covid-19 em Itabira sobem para seis, todos importados

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Já são seis os casos suspeitos de contaminação pelo coronavírus (covid-19) em Itabira, até 17h desta sexta-feira (20), informa a Secretaria Municipal de Saúde. São dois outros casos que se somam aos quatro antes notificados, sendo que um já foi descartado.

Entre os novos casos suspeitos, encontra-se uma mulher de 30 anos. Ela tem histórico de passagem por São Paulo e fez contato com outro suspeito de infecção. Como apresentou sintomas gripais, procurou a Vigilância Epidemiológica – e já se encontra em isolamento domiciliar.

Outro novo registro também é de uma mulher, 41 anos, que retornou de viagem ao exterior. Ela também apresentou sintomas gripais e está em isolamento domiciliar.

Todos os seis casos suspeitos de infecção pelo coronavírus estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Antecedentes

O primeiro caso suspeito registrado no município é de uma itabirana, 29 anos, que participou de curso em Belo Horizonte. Por ser gestante, no início da noite de 13 de março, ela procurou a maternidade do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) para atendimento. O seu quadro permanece estável, mas continua hospitalizada para ser melhor acompanhada

Outro caso é também de uma mulher, 32 anos, residente na Irlanda com passagem pela Bélgica, Polônia, Eslováquia, Áustria e República Tcheca. Em 14 de março, deu entrada no Pronto-Socorro Municipal de Itabira com sintomas gripais e mialgia (dor muscular).

Já o terceiro registro é de um homem, 31 anos, também vindo do exterior. Passou pela Suíça, Bélgica, Portugal, Espanha, Inglaterra e São Paulo. Foi atendido em Itabira, em uma unidade de saúde, no dia 17 de março – e se encontra em isolamento domiciliar.

A sua mulher, 29 anos, é o terceiro caso suspeito. Passou pelos mesmos países em companhia do marido. Apresentou dor no corpo e foi atendida na mesma data, no mesmo posto de saúde. Também se encontra em isolamento domiciliar.

De todos pacientes foram recolhidos materiais para análise e encaminhados à Fundação Ezequiel Dias (Funed), que faz a identificação do Covid-19 nas amostras dos casos suspeitos.

Mas ainda não se tem retorno, uma vez que são muitas as demandas, com os resultados sendo apresentados em prazo superior a sete dias.

Reclusão

Com mais esses casos suspeitos, a Secretaria Municipal de Saúde reforça o apelo para mantendo-se o distanciamento social, ficando, na medida do possível, em casa. A medida é importante para impedir o avanço do vírus no município.

Pede-se ainda para manter a calma e só procurar atendimento nas unidades de saúde no caso de febre igual ou acima de 37.8º – e se estiver associada à tosse ou dificuldade respiratória, ou ainda, dor de garganta.

Com sintomas mais simples, iguais ao resfriado comum, o paciente deve se manter em casa para tratamento.

Serviço

Para mais informações, ligue para os telefones: 3839-2685, 3839-2784 e ou 3839-2666.

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Maria do Carmo Procópio Moreira on

    Queria saber o que a Secretaria Municipal da Saúde propõe para no caso de uma super lotação nos hospitais. Ela está preparada para uma eventual necessidade de aumentar os leitos. Como, onde? Os postos estão preparados? 24 horas

Deixe um comentário