Concerto de roque com a Orquestra de Câmara no Centro Cultural

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Imperdível – A Orquestra de Câmara da Escola Livre de Música de Itabira (OCELMI), da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), apresenta neste sábado (27), às 20h, no teatro do Centro Cultural, o segundo concerto do ano, desta vez com repertório dedicado aos clássicos do roque (Beatles,  The Doors, Kansas e Led Zeppelin), com ingressos vendidos a R$ 5,00.

Orquestra de Câmara em apresentação na Unifei

O repertório contempla cinco peças musicais: Eleanor Rigby e Something (The Beatles) e Dust in the Wind (Kansas) com arranjos de Cláudio Lage, maestro da orquestra, além de The Doors on Tour (The Doors), arranjo de Patrick Roszell, e Kashimir (Led Zeppelin), com arranjo de Matheus Félix, ex-professor de violino da Escol a Livre de Música de Itabira (ELMI), também da FCCDA.

Sob regência do maestro Cláudio Lage desde 2015, a orquestra foi fundada em 2010, um pouco antes de ter início a formação de novos músicos pela ELMI. Ainda neste ano, ocorrerão pelo menos mais três apresentações, com um total de cinco concertos: o primeiro foi em abril, com repertório orquestral/sinfônico e o segundo agora dedicado aos clássicos do rock.

A terceira apresentação será em julho, com músicas para cordas e sopros. Em setembro o repertório será de músicas brasileiras. E no último concerto, em dezembro, o público terá oportunidade de acompanhar uma apresentação conjunta com o coral da Fundação, com peças natalinas. No intervalo dos concertos podem ocorrer apresentações itinerantes nos bairros, nos distritos de Carmo e Ipoema e também em outras cidades.

Expectativas

Para o concerto de amanhã, o maestro Cláudio Lage promete um repertório diferente dos apresentados até aqui pela orquestra. “Vai ser uma mistura bem legal do rock com a linguagem orquestral. Esperamos que o público goste.”

Os músicos vêm ensaiando o repertório desde a primeira semana de abril. “A linguagem musical é conhecida. Está sendo um aprendizado bem interessante para eles. Esperamos ter uma casa cheia, um estímulo a mais para os músicos.”

Segundo conta o maestro, entre os músicos de sopro estão vários integrantes da banda Santa Cecília, uma parceria que o maestro espera ser mais incrementada. Já os músicos do naipe de cortas são, em sua maioria, formados pela ELMI. “Temos procurado fomentar mais esse intercâmbio entre a orquestra e a escola de música.”

Cláudio Lage avalia que o nível técnico dos músicos tem avançado bastante. “Itabira não tinha uma cultura de orquestra e agora é uma realidade que tem agradado ao público. E os músicos estão tendo mais entendimento do que é tocar em uma orquestra. A programação é feita visando esse crescimento”, salienta.

SERVIÇO

 

Série: Concertos Oficias – Tributo ao Rock

Data: 27 de maio (sábado), 20 horas

Local: Teatro da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade

Ingressos: R$ 5,00

 

 

PROGRAMA

Violinos

 

*Paula Cordeiro

Meiriane Vieira

Daisy Oliveira Santiago

Nouara Monteiro

Jessé Abimael

Ana Paula Brandão

Emmanuele Dias

Daniel Soares

Leandro Bruno

 

Viola

Lucas Brandão

 

Violoncelos

*Henrique Toledo

Rui Moreira

Bárbara Cris

 

Contrabaixo

*Alfredo Ribeiro

Igor Barcelos

Nélton Assis

 

Flautas

Samuell Magalhães

Marcelo Alonso

 

Clarinetes:

Sabrina Lopes

Pedro Henrique Reis

 

Saxofones:

Juliana Caldeira

Thamires S. Martins

 

Trombone

Alan Passos Cruz

 

Regência:

Cláudio Lage – Professor da Escola Livre de Música de Itabira

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

1 comentário

  1. Pingback: Futuro de Itabira não pode depender só da Unifei, diz diretor

Deixe um comentário