Ah, gato!

WhatsApp Pinterest LinkedIn +

Marina Procópio de Oliveira*

 

Meus olhos, caninos, te imploram

mas você, gato, brincando em cima

do muro,

me despreza,

sem o menor tato.

 

E eu aqui roendo o osso,

penso que um dia te pego,

e te faço, picadinho,

pro meu almoço.

*Marina Procópio de Oliveira é poeta e escritora itabirana. Reside em Belo Horizonte

Compartilhe.

Sobre o Autor

Deixe um comentário